Boquete Pós Festa

61 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

61 seg

Categoria:

Tag: ,

Boquete Pós Festa

Boquete Pós Festa

– Uau, teus peitos tão duríssimos, isso é tesão, meu docinho? – perguntou.

Enquanto praticamente devorava seus biquinhos, eu passava a mão na sua bucetinha, que a essa altura estava melada.

O Moreno não parava de me xingar de putinha e de me chamar de Letícia, enquanto isso o amigo bombava, fazendo barulho da tua virilha batendo na minha bunda. -PARE DE ATIRAR!!! PARE DE ATIRAR!!!Também tomei banho e nos deitamos nus lado a lado na cama, conversamos algumas futilidades e eu disse que não o perderia nunca mais, que ele não precisava deixar a família dele nem eu a minha, seriamos a partir dali, amantes. bom galera espero q tenhão gostado"– Não entendo por que,mas de uns tempos pra cá venho sentindo desejo por mulheres,nunca fiquei com uma mas sempre me masturbo me imaginando chupando uma buceta,adoro ler e assistir vídeos lésbicos mas nunca tive a oportunidade de da essa bucetinha para uma gata.

E um novo boquete terminou com o gozo dele. Em menos de uma hora eu tinha terminado o quadro. ele foi metendo e falando tu é puta mesmo nessa tua bundinha ta entrando fácil. Nessa época, um fato ocorrido no ônibus que me trazia de volta para casa me fez mudar meu jeito de ver a vida.

chagamo na festa era 00:30 foi rolano a musica i a julia dançando i eu la zuando com os meus amigos julia veio i mi puxo pelo braço falando q ia mi mostra algo q eu ia gosta mi levo ate o carro etramos no carro. Por vezes, usávamos o rancho dos pais dele no interior de SP à beira do rio Tiete, para nos divertimos, andarmos de jet sky, lancha, esquiarmos e levarmos as meninas pra um final de semana quente e divertido. E então nós acabamos num cubículo.

Certo dia estávamos brincando e João como sempre só observando, acabou a brincadeira e os meninos saíram para suas casa e fiquei sozinho sentado na calçada batendo papo inocentemente com o João.