Branquinha Pelada Mostrando Bucetinha Rosada e Lisinha

20 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

20 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Branquinha Pelada Mostrando Bucetinha Rosada e Lisinha

Branquinha Pelada Mostrando Bucetinha Rosada e Lisinha

– O que foi? Acabou o sol?– Hã… antes fosse isso, a Paulinha me pediu para subir e ficar aqui com você, ela quer nadar pelada com o William e acha que ele ficaria com vergonha se estivéssemos lá. No caminho, ele nos deixou em casa, ela foi sentada ao lado dele na frente e eu atrás, Em uma das sinaleiras ela deu um beijo carinhoso no rosto dele como agradecendo a cumplicidade e ao chegarmos na portaria eles se despediram com mais um (dos muitos) deliciosos e molhados beijos na boca, ele apertou minha mão e subimos… chegando em casa tomamos um banho , comentamos o sucesso de nossa aventura e deitados na cama voltei a acariciar aquela bucetinha que tinha sido de outro, em seguida voltei a chupa-la até ela novamente encharcar minha boca com seu gozo, dizendo : “chupa! Chupa ! Que eu estou gozando !”Aí um dos caras respondeu? é pegamos uma safada ai que tava pegando fogo, ta afim de bater um foto ai pra levar, mas sem rosto valeu! aceitei na hora! e quase gozei ao ver minha safada metendo com dois que estavam lá dentro, ela sentada no colo de um chupava o pau do outro e eu batendo fotos da minha gostosa, assisti uns dez minutos e depois saí, mostrei as fotos para os caras e fui embora, voltei para o carro e bati umas duas punhetas, então votei para nosso guarda sol e fiquei tomando cerveja…Gabriel?, o que voce tem cara, acordou quieto, sem falar muito?Ele se levantou também.

"Boa noite e meu primeiro conto aqui entao espero ser claro e que voces gostem, pois bem me casei cedo e ela e ta igreja e então sexo so o convencional, usarei nomes falsos deixa eu me apresentar me chamo Diego na época eu tinha 23 anos sou Moreno 1,79 e com 90 kg eu já não vinha com o casamento legal pois eu queria algo a mais foi então que conhecia a Fernanda numa sala de bate-papo meses de passaram e as coisas ficaram quentes primeiro mês conversar depois nas fotos, passamos pra web e até sexo virtual entao não aguardávamos mais e fomos nos encontrar no caju rj um lugar bem movimentado ela era casada também mais falava que o marido não a agradava na cama então no encontro nos vimos e conversamos por uns 5 minutos e não aguentamos vamos pra um motel eu cheio de tara de tudo que falei,vi e ouvi ja sabia oq fazer quando entramos eu fechei a porta e ela nem teve reação pois eu já a peguei por trás colocando ela contra a parede e segurando seu cabelo já apertando seus saio que eram durinho que por sinal ela tinha leitinho pequenos e uma bundinha pequena mais uma buceta e um cu maravilhoso ela já sabia o que eu queria mais ela nunca tinha feito anal ainda então ela falava vai acaba com sua puta eu joguei ela na cama e comecei a chupar sua buceta lisinha e seu grelinho alta se virava de lado para o outro gemendo e gritando vai acaba com a sua puta e eu comecei alternar em chupar seu cu e a buceta ai ela eloqueceu de verdade segurava minha cabeça forçando contra a sua buceta e falava vai me faz gozar e quando percebi estava contraindo seu corpo e liberando seu melzinho na minha boca ela ficou toda mole na cama eu então pequei sua cabeça e truxe até meu pau e já fui enfiando na sua boca ela chupava como se fosse uma Bezerra eu urrava pois ela chupava e olhava pra mim quando mais eu urrava ela chupava com mais vontade depois de uma 5min eu não aguentei e gozei na sua boca ela se assustou pois seu marido nunca gozou na b9ca dela mais ela estava louca continuava a chupar e derrepente ela parou olhou pra mim com meu pau na boca e engoliu aquilo me deu um tezao que ja tirei e fui logo botando ela de quatro e metendo numa estocada so meu pau todo na sua buceta eu metia como um animal meu pau entrava e sai meu saco batia na bunda dela eu segurava seu cabelo e batia na sua bunda ela estava louco ja tinha uns 20 min e ela tava quase gozando ai me aproveitei ela gritou vai caralho vai que vou gozar porraaaa eu então parei e fiquei com meu pau todo dentro dela ela ficou puta e gritava vai caralho me fode arromba sua puta me fode caralho quero gozar eu fui no ouvidinho dela e disse quer gozar minha puta quer e ela com a voz trêmula disse quero me fode vai eu disse me da oq eu quero sa não eu paro agora e vou embora ela começou a balançar a cabeça enorma de não eu voltei a meter nela e ela urrava isso caralho vaiiiii vou gozar porra eu parei ela louca falava ai caralho me faz gozar e eu então falei implora pra mim comer seu cu ela louca olhou e disso vai arromba meu cu seu filho da puta eu peguei e encostei meu pau no cuzinho virgem dela e eu brincava passando o pai no cu e na buceta até que ela abixou a cabeça deixando sua bunda bem empinada e falou vai caralho seu filho da puta come esse cu eu encostei e forcei um pouco mais estava muito apertado mais ela estava louca e gritou vai caralho soca no meu cu porraaaa eu então forcei e ela veio com o cu contra meu pau no que entrou de uma vez ela gritou caralhoooooo filho da puta de me rasgando Eu parei ela me deu um tapa e disso agora acaba comigo e me faz de sua puta ai eu comecei a bombar ela louca gritava isso caralho que delícia foda meu faz virar sua puta quando eu sentir seu cu contraindo meu pau dentro do seu cu e no que ela levantou a cabeça e urrou caralhoooooo to gozandoSei filho da puta e gozou mouito pelo cu no que eu comecei a meter três dados na sua buceta e fudia junto com meu pau no cu dela ela ficou louco e gritava caralho to gozando pelo cu e pela buceta ela começou a gozar feito louca eu então medo fundo e gozei ela apertava meu pau com o cu e a buceta contra mais dados eu então enchi o cu dela de porra vai pro lado e respirando ofegante ela virou e falou meu cu e seu todo seu… espero que gostem até a próxima.

Como não tenho intimidade com vizinhos, não passa de um bom dia, boa tarde ou boa noite, continuei do jeito que estava, mas já havia molhado todo o jardim e estava quase parando quando olhei pelo retrovisor de minha moto e vi que ele estava me olhando lá de cima, estava literalmente hipnotizado olhando minha bundinha branquinha, empinadinha e lisinha, percebi que ele estaav disfarçando que mexia em algo e com a mão sobre seu pau que parecia estar duro dentro do calção.

Depois a peguei coloquei ela de bruços e fiz longas carícias nas coxas e lambi sua bucetinha e cuzinho como um cachorro no cio nessas horas ela estava bem ofegante percebi que já era a hora de socar naquela bucetinha rosada. Michele sem demoras retirou a camisola que vestia, ficando somente de calcinha, me mostrando seus pequenos peitinhos que estavam com os biquinhos salientados, talvez pelo frio que fazia.