Bunduda Loira No Boquete Em Mastro Negro

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Bunduda Loira No Boquete Em Mastro Negro

Bunduda Loira No Boquete Em Mastro Negro

78m,másculo,com jeito de jogador de futebol;Marcos,30 anos,negro,casado há 6 meses,forte, e com um bigode sempre bem feito;João,24 anos,casado,baixinho e forte e muito machão com fama de comedor de bucetinhas novas;Wilson,25 anos,também casado e com um corpo perfeito de mecânico de peças pesadas e todo peludo e com jeito de macho rústico; e por fim Williams ,31 anos,o mais velho e o mais safado,e estava sempre com brincadeiras sobre sexo e sempre falando sacanagens e sempre falando que comia todo mundo. Passo seguinte foi Silvia puxar o pau do namorado para baixo da sunga e mostrá-lo para a amiga e as duas começaram a chupar o mastro endurecido. Ela me acompanhou com os olhos, uma mulher loira, cabelos cacheados na altura dos ombros, alta, 37 anos, coxas grossas e pernas torneadas, bunda carnuda e empinada a qual estava contida apenas por uma calça legging bem apertada, aparentemente sem calcinha, cintura fina, seios médios, seus olhos eram mais verdes do que a água do mar, o que me levou pensar:ela – ah é, brigada"Desde pequeno sempre me atraiu olhar as pessoas nuas, seja homem ou mulher, mas na minha adolescencia minha timidez não me permitia me aproximar das meninas entao como andava sempre na companhia dos garotos foi normal me aproximar mais dos garotos. E achei uma pegadora, ( mulher quer foder a sua mulher na sua frente), achei, liguei e marcamos pro dia seguinte,Na hora marcada ela chegou, Marcia , baixinha ,coxuda, seios pequenos e firmes ,bunduda e de cintura fina como a AnaTomamos umas cervejas e acertamos os termos, eu só comeria a Ana mas a Marcia tinha liberdade pro que quisesse, fomos pro quarto e de pronto tiramos as roupas,sentei nu numa cadeira e fiquei punhetando assistindo as duas de calcinha na minha cama, a Marcia começou a acariciar a Ana que estava ainda meio tímida com a nova experiência mas começou logo a se soltar,um beijo molhado e quente abriu as portas do tezão, sem muito esperar uma tirou a calcinha da outra bem devagar a Ana ficou deitada enquanto a Marcia beijava o corpo gostoso de minha gata, beijava seus firmes seios com delicadeza mas com vontade a Ana se contorcia de tezão sentindo seus dedos deslizarem por sua boceta melada, olhava admirado aquelas duas bundas gostosas se contorcendo na minha frente quando a Marcia caiu de boca na buceta do meu amor, um gemido mais forte de prazer se ouviu meu amor me olhou e me chamou, dei minha pica pra ela mamar gostoso como sempre faz enquanto ela era chupada na buceta pela Marcia, Marcia pegou minha mão e pos em sua buceta e enfiei meus dedos na puta que gemia , fui mamar a buceta da minha gata e a Marcia foi me mamar e punhetar , o que era pra ser só as duas virou um ménage , Ana sentou na minha pica e a Marcia na minha cara e as duas se beijavam e bolinavam os seios uma da outra enquanto eu fodia uma e chupava a outra, trocamos de posição de novo, deitado na cama com as duas me chupando e elas com as pernas entrelaçadas roçando as bucetas, que delicia viver isso, fui conduzindo e colequei as duas numa delicia de 69 loucura de chupada vigorosa entre as duas , línguas , dedos, e bucetas meladas, e a Ana explodiu, vou gozar, urrou já se derramando num gozo longo e gemido, a Marcia falou enfia esta pica em mim e enfiei, fodia aquela buceta ao mesmo tempo que minha esposa mamava a puta, vez em quando minha gata tirava meu pau da buceta da Marcia e me chupava pra depois por de novo na buceta da vadia, Marcia enfim anunciou seu gozo esporrento, urrou de prazer e se derramou na cara da minha gata, as duas já meio cansadas da pegada que elas se imporam ficaram de quatro na cama lado a lado e olhando pra trás minha Ana disse: vem da tua porra pra gente vem!Meti na minha gata primeiro e meti os dedos na Marcia que estava com a buceta melada e inxada , meus dedos deslizavam na buceta de uma e minha pica na buceta da outra e comecei a revezar, passei a fuder a Marcia e meter os dedos na Ana,Quando achei que já estava chegando ao fim da nossa putaria minha gata olhou pra trás e pediu pra meter na sua bunda, pedido atendido, meti no cuzinho gostoso da minha gata e o dedo no cuzinho da Marcia, algum tempo depois anunciei o gozo, minha gata virou o corpo e começou a me punhetar ate que gozei em seus seios, a Marcia veio e começou a roçar seus seios nos seios da minha gata se lambuzando também da minha porra e lambeu meu pau pra sugar as ultimas gotas de porra, exaustos fomos tomar banho os três e finalizamos a noite com cerveja e bate papo, acho que provavelmente ainda veremos a Marcia outras vezes. Então, depois do boquete, ele me pegou de jeito! Me pôs de quatro no sofá e me comeu gostoso, parecia também que estava com saudades, porque caprichou! Estava uma fúria, o rapaz! Acho que foi a melhor trepada que demos, desde que a coisa começou.