Caiu na net fodendo

1 min 12 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

1 min 12 seg

Categoria:

Tag:

Caiu na net fodendo

Caiu na net fodendo

Da janela do escritório eu via aquelas meninas se oferecendo para os clientes que paravam de carro.

E treparam ali até gozarem novamente.

Eu quase não conseguia respirar. Ele saiu com os colegas, se despediu, entrou no carro e partiu. Não eram namorados, e ninguém entendia a razão disso, porque viviam um ao lado do outro, ele a levava para a faculdade e depois a levava para casa no seu carro e, como muitos suspeitavam, transavam bastante.

Ela veio toda sorridente falando– com esse aqui vc vai sentir, vou comer esse cuzinho com ele.

Estou sempre bem preparada e claro mas juro que na hora fui supreendida ela contiunuou me fodendo porem agora com a linhguinha na entrada do meu anus, mordi um travisseiro a minha frente,era demais pra min e quando ela colocou a lingua para dentro pensei ser o fim mas denovo ela me surpreendeu.

"No relato “Admirável mundo novo” eu contei como foi a minha primeira experiência com outro homem. Marina nos dias que antecederam o encontro me pedia para lhe comer de todas as formas.

"É muito gratificante ter uma amante que gosta do perigo e quando solta o seu um porcento vagabundinha, deixa as sacanagem rolar, me beija na boca quando te levo a bailar e: vc se deliciando das danças sensuais e sacana que fazia com minha coxa atritando as suas e dando umas paradinhas para vc sentir como se fosse uma penetracao, meu negão esfregando em vc, minhas maos lisando sua costa deslizando e chegando na separação das bandas da gostosa bunda, “muito tesão passar as mão na sua bunda”, eu falando no seu ouvido de quanto vc já me atraiu a desejar um sarro como estamos fazendo agora.

Combinamos que ela me buscaria e eu fiquei até a noite pensando se ela foi apenas gentil ou estava com segundas intenções. Mesmo depois de trepar uma porção de vezes, minha mulher as vezes ainda reclamava de dor quando eu atolava minha pica naquela bocetinha acostumada a levar minha vara.