Casada Loirinha Fudendo Com O Amante Negão No Motel E Corno Filmando

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Casada Loirinha Fudendo Com O Amante Negão No Motel E Corno Filmando

Casada Loirinha Fudendo Com O Amante Negão No Motel E Corno Filmando

Biel olhou para sua pica e viu muito sangue, tinha arregaçado o cu da loirinha.

Ele estava fudendo a boca de minha mãe e não ia demorar a ter um orgasmo devastador.

Quando penso em bravejar, sinto o pezinho da Julia alisando meu pau que esta muito duro, e com o outro pezinho ela leva na minha boca e me manda lamber, não aguento e começo a lamber aquele pezinho vendo minha noiva ser deflorada pelo meu tio, que acaba gozando tudo dentro do cuzinho dela, vendo esta cena não aguento e gozo lambendo os pezinhos da Julia, que esta filmando e me confessa que pouco antes o Carlinhos esporrou tudo nos pezinhos dela e eu estava limpando. Mariangela após após descobrir que eu e a prima dela transamos várias vezes no motel, isso porque a própria Flávia contou, exigiu também ser comida e do mesmo jeito, insistiu que quer dar para mim, seu próprio pai! Ainda por cima quer meu cartão de crédito para renovar o seu guarda roupa, quer se vestir igual a prima e acha que não tem roupas legais:-Tres mil pai. "Continuação de:1 Fazendo a alegria do peãoSou uma mulher casada, madura de 43 anos, morena, de ancas grandes, peitões siliconados, de pernas e coxas grossas. No dia seguinte a historia se repetiu, eu perguntei a ela se havia visto a rola dele de novo, ela disse que não, mais deu uma risadinha e disse mais eu fui tentar ver mais não deu e ficamos novamente exitados, eu então acabei falando na hora, já pensou aquela rola te arrombando, ela disse nossa que delicia, eu então falei você ficou com tesão para meter com ele, ela me respondeu eu sou uma mulher casada, se eu não fosse, ate poderia pensar, mas eu fiquei insistindo, ela disse você quer saber mesmo fiquei sim, nunca vi uma coisa daquela,ate gostaria mesmo de poder tocar, eu então falei e você acha que ele vai deixar você tocar sem sem meter ela todinha ai aqui dentro, e verdade teria que dar a boceta e o cu para ele, eu perguntei mais você teria coragem, se eu não fosse casada, ate poderia pensar no assunto, mais não adianta ficar falando no impossível, bem porque ele e seu primo, eu então perguntei e se eu deixar você dar para ele você daria, ela disse e melhor a gente parar por aqui, eu perguntei porque, porque esta conversa não vai levar a nada, só mesmo me deixar com mais tesão, eu então disse por isso mesmo que temos que conversar, ela então perguntou você esta querendo ser corno, se você deixar eu ate tenho coragem de tentar, eu então respondi esta bem vou arrumar isso,"Tenho 25 anos, sou universitário, estudo numa faculdade renomada no interior do estado de São Paulo no período da manhã e às vezes após as aulas e o almoço no restaurante universitário passo no escritório de advocacia do meu pai, que fica no caminho entre a minha casa e a faculdade.

O cara se chamava Moacir,casado,pai de 3 filhos homens e veio a Bahia porque brigou com a mulher e queria dar um tempo sem ela;a esposa descobriu que ele tinha uma amante.

""E quanto tomava banho, ouço gente entrando no banheiro, era ele e um outro negão que treinava lá…Me agarraram, me jogaram pra fora do banheiro, olhei e estava a porta trancada, o negão veio e me colocou deitado no banco de supino, e amarou minhas maos e meus pés, com corda de pular…"Essa história começa no dia que conheci ” Bruno ” , foi numa aula de karatê estava esperando começar as atividades quando do meu lado para dois boys , os dois uma delícia , um moreno saradinho e o outro branco e alto, de cara devido as atividades em grupo começamos a conversar e parecia q nos conhecíamos a muito tempo.