Casal Transando Na Rua Tagua Fmu Liberdade Sexo Aluna Direito

visualizações

58 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Casal Transando Na Rua Tagua Fmu Liberdade Sexo Aluna Direito

Casal Transando Na Rua Tagua Fmu Liberdade Sexo Aluna Direito

Esse foi o melhor fim de ano da minha vida, Espero que ela volte pra sermos um casal novamente eu Amo essa minha prima de Paixao…. Sem pensar 2 vezes cai de boca no peito esquerdo, quando que com minha mão eu brincava com o direito. O safado estava tirando sarro da aluna e a vagabunda estava deixando. -E quando você estava transando com sua mulher, não ficou pensando nessa rola entrando na bucetinha dela?-Na verdade pensei sim. Ele alugara um carro para nos dar mais liberdade.

E papo vai e papo vem reparei que ela estava com um decote maravilhoso que dava para ver os seios dela e ela reparou que eu estava olhando e perguntou se eu queira pegar então disse que sim e começei a dar leves apertadas e chupar os bicos do peito dela então ela percebeu minha ereção e começou a pegar no meu pau e me masturba ficamos lá 15 minutos ate que eu gozei então ela parou a boca e deixou eu gozar dentro e ela nao desperdiçou nenhuma gota se quer…Quando cheguei para buscá-la ela estava só de canga transparente, sem nada por baixo, toda gozada…Fui ao banheiro me limpar, pois fiquei com o rosto lambuzado de porra e fui embora, agora sim estava satisfeito… e pronto para a proxima…No dia seguinte fui outra vez na casa da minha amiga continuar o trabalho escolar e ao chegar lá levei um susto enorme, ela estava com os seios de fora pois estavam tão doloridos e grandes que ela não conseguia colocar dentro da blusinha, fiquei com tanta dó dela que pedi para que ela se deitasse no sofá e dormisse um pouco enquanto eu digitava no computador dela, fiquei tão excitada que meu bicos marcaram a blusinha que eu vestia ela era muito decotada, mas continuei a fazer o meu trabalho escolar e estava tão destraida que não percebi que o marido da minha amiga havia chegado do trabalho, só que como eu estava de costas pra porta ele achou que eu era a esposa dele pois somos muito semelhantes, ele chegou devagar e por trás de mim me abraçou e apertou minhas tetas com bastante força eu dei um grito e pulei da cadeira, quando pulei meus seios saltaram pra fora da blusinha ficando expostos a ele e a minha amiga esposa dele que acabara de acordar com o susto, imaginem só eu e a minha amiga com os seios de fora e aquele homem nos olhando com os olhos arregalados de susto mas ele era tão safado que falou:Quando fizemos uma pausa, mais tarde, saí pra fumar.