Cenas Porno Amadoras Sensacionais Mulher Do Corno Gatinha Mostrando A Calcinha Com O Amigo – Sp

35 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

35 seg

Categoria:

Tag: , ,

Cenas Porno Amadoras Sensacionais Mulher Do Corno Gatinha Mostrando A Calcinha Com O Amigo – Sp

Cenas Porno Amadoras Sensacionais Mulher Do Corno Gatinha Mostrando A Calcinha Com O Amigo – Sp

Fiz-me de desapercebido e fiquei olhando as cenas na tela.

Quando de repente, minha campainha toca, é meu vizinho, típico filme americano pornô, ele veio trazer uma “torta” (só se for torta de rola, por que, MEU DEUS!) ele entrou, conversamos, comemos a torta e tal, até que ele começou a tirar minha roupa, acariciando o bico do meus peitos, ele começou a ficar de pau duro, e tirava a roupa, logo já estavamos trepando, a porta estava aberta, sua mulher dona ***** entra, paramos, e ficamos olhando para ela, ela trancou a porta, e tirou a roupa, sentou-se na poltrona, e começou a se masturbar. Quando ele começou a movimentar a cintura para os lados, meus joelhos tremeram e eu soltei um gemido baixinho e totalmente feminino, como se fosse uma gatinha querendo leite. Duas coisas que eu gostei muito nesse classificado especifico era que o corno não queria participar nem ficar no quarto, ele disse que gostava de ficar no outro comodo espiando pelo vão da porta, como se estivesse chegando em casa e pegando a mulher no flagra. Como tantos que só tomaram coragem após ler vários contos desta HP, eu tambémEntrei no banheiro e voltei vestindo uma camisola preta com uns decotes deixavam meus seios expostos e ele já estava de camiseta e de cuecas, e pude notar as pernas dele que eram uma loucura, fortes peludas e umas coxas sensacionais. Minha esposa fez a mesma coisa com ele, sem sequer se dar ao trabalho de tirar a roupa, só ficou mostrando os seios para ele.

Assim foi que um dia contei esse episódio para minha mulher e ela ficou louca de tesão e senti que ela era receptiva a transar com o meu amigo e se excitava também com a ideia de me ver fodendo a esposa dele.

No sabado não fui trabalhar, o Manuel chegou no mesmo horario, Sofia, já estava pronta, novamente com uma saia bem curta e fio dental, levantou a saia e me perguntou será que ele vai gostar, a calcinha preta bem pequena mal cobrindo a bunda e xoxota, e a blusa transparente sem sutiã, com um jaleco por cima, sairam já no carro vi quando ela riu e deu um beijinho no rosto dele, fiquei em casa, era pra ela voltar as nove horas, ela chegou as 10:30hs, com o jaleco na mão sem batom e meio despenteada, foi entrando pro quarto e me chamou, quando entrei ela rindo levantou a saia sem calcinha, me deu um beijo e disse amor ja passei e fui passada, fui tirando o short e nos deitamos eu disse me conta, ela disse que assim que entrou no carro ele foi pra um local mais deserto, fui pra direção lá e ai ele disse que ja tinha acertado tudo, foi logo pegando na sua perna, no começo ficou tremula, mais não tirou a mão dele da sua perna, então ele foi subindo a mão mandou ela parar o carro, a essa altura ele já estava pegando na sua xoxota, ele notou que ela tava toda melada, fastou sua perna e ela não teve reação, meteu o dedo na sua xoxota e ela suspirou, ele puxou a mão dela pra o pau dele, ela pegou por cima da calça ai não teve mais reação a não ser tirar seu pau da calça e começar um chupeta, ele tirou uma camisinha do porta luva e mandou eu coloca-la, o pau dele é bem maior e mais grosso que o seu, coloquei a camisinha dei outra chupadinha e sentei no seu pau no banco de passageiro, fiquei de costa pra ele, ele me segurou pela cintura e mandou ver, gozei gritando chamando ele de safado, ele me puxando pela cintura, gozei umas 3 vezes naquele velho gostoso, só sai de cima quando ele gozou, tirou a camisinha e mandou eu limpar com a boca, por isso meu amor me beija pra sentir o gosto do gozo dele, depois não tive mais força para fazer as aulas e ele veio me deixar, olha como tá tua xoxotinha toda esfolada, então comecei a chupar sua xotota, depois meti devagar pois tava ardendo da camisinha, gozei rapidinho, nos deitamos e acordamos pro almoço, e foi assim minha primeira vez como corno.

Continuei botando e tirando a cabeçinha, tirava do cu olhava como ele estava e botava novamenteCaio queria quebrar ou mandar encherem Ewerton de pancada, mas eu preferiria esperar e ter certeza, não queria fazer isso com quem sempre foi um bom amigo e um bom amante meu, queria me certificar da identidade dessa pessoa apesar da raiva de Caio.