Chupando a vara do maridão

Chupando a vara do maridão

Chupando a vara do maridão

No domingo de manhã, acordei e tomei um banho, lavei o cabelo, conseguindo deixa-lo com um liso ondulado.

– Disse ele mais solto, desvencilhando-se da idéia que havia me ofendido. Um senhor muito simpático se prestou a levar todo material que em seguida guardou no porta mala do meu carro. Voltei a requisitar seus serviços outras vezes. ""ele me inundou de porra.

Fiquei imaginando a coisa lógica: o maridão não gostava que ela se correspondesse com outros homens, ainda mais com um antigo colega de faculdade. Terminei de lavar a porra que escorreu pelo meu peito e fomos para o quarto, então ele me jogou na cama e veio me beijando, depois desceu chupando meus peitos e foi beijando meu corpo até chegar na minha bucetinha, ele começou lambendo em volta e dando umas linguadinhas no meu clitóris, sem aguentar mais a provocação e cheia de tesão peguei a cabeça dele e enterrei no meio da minha buceta, fazendo ele chupar pra valer… Ele chupou muito gostoso por um bom tempo, até que não aguentei e gozei tremendo todinha. "Sabia que ela me queria olhando pra frente, mas o jogo havia mudado. – Tô resolvendo uma parada aqui Bruno, falo contigo depois.

E principalmente, para felicidade dela, muitos elogios a forma do corpo dela que conforme ele mesmo disse nem de longe representa estar próximo dos quarenta …Quem sabe se encontrarmos alguém tão especial quanto este amigo poderemos repetir a dose, os anúncios estão colocados, quem sabe ?Quem sabe realizamos a outra fantasia dela que é de “conhecer “ um negro !Marido.

Saí de dentro de minha tia e já fui direto meter na buceta de Gabi, e a comendo na posição de papai e mamãe, pude sentir todo seu corpo que se contraia, e a cada metida que eu dava, ela apertava suas pernas em minhas costas me obrigando a ir cada vez mais fundo, o que fazia ela gemer e gozar muito.

Ai o padre viu que precisaria de alguém pra na limpeza da igreja. assim foi penetreia durante 3 minutos mas sem porra ainda era pequeno.