Comendo A Amiga Doida Para Levar Pau Na Xoxota

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Comendo A Amiga Doida Para Levar Pau Na Xoxota

Comendo A Amiga Doida Para Levar Pau Na Xoxota

No outro dia, durante o intervalo eu estava com meus amigos, por ironia do destino, falando da professora de física que era uma gostosa.

"E ela começou a me contar que o marido dela era louco por seios fartos e adorava chupar, apalpar, morder e fazer tudo o que tinha direito com os seios dela e que todos os dias era isso, ela me disse que certa ocasião ele chegou a levar um amigo do trabalho em casa pra mamar junto com ele pois apenas ele não conseguia dar conta daqueles seios enormes, meus mamilos ficaram duros na hora fiquei muito excitada ao ouvir aquilo, eu tenho namorado mas ele não é muito de chupar tetas, nesse dia fiquei muito excitada, liguei para o meu namorado quando cheguei em casa e pedi pra ele vir correndo, quando ele chegou eu estava com um vestido vermelho e bem decotado com os seios quase pra fora e ele nem me olhou direito, fiquei muito fiquei muito triste com isso, e naquela noite eu não parei de imaginar a minha amiga de seios enormes sendo chupada pelo seu marido, passei a noite com a buceta toda molhada. Nos despedimos dos tios e da mãe e fomos.

Amanda ficou ao lado da bunda da amiga, vendo aquele cacete duro e latejante mergulhar novamente no traseiro da amiga.

-Tá gostando de ver tua tia tomando a rola preta, loirinha? Gosta de ver teu macho comendo outra cadela? – Gabriel provocava enquanto via Isa quicando no tio. Depois de muito dialogar besteira e jogar conversa fora, nós despedimos e eu já me dirigia ao portão, então Ewerton preparou e atirou:– “Vai direto para casa”?Olhando para ele, eu afirmei que sim.

soca mais forte e me faça gozar.

MAS O TEMPO PASSOU E CONTINUEI PROVOCANDO, MANDANDO VIDEO BATEDO PUNHETA, FOTOS DO MEU PAU E ATÉ MSM DE UM NEGÃO ROLUDO PRA DEIXAR ELA DOIDA….

Eu estava louco de tesão e virei-a de quatro na cama, numa única estocada, penetrei sua suculenta xoxota, fazendo-a soltar um grito rouco e abafado.