Comendo a Mulher do amigo Corno no motel

1 min 16 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

1 min 16 seg

Categoria:

Tag: , ,

Comendo a Mulher do amigo Corno no motel

Comendo a Mulher do amigo Corno no motel

Esse é meu primeiro conto, espero que gostem!!""Então ele veio e começou a me chupar…ahhh…eu adoro isso!E já comecei a gozar, foi intenso…e vou confessar que já havia até esquecido do meu marido ali de pé, fotografando e se masturbando feito louco…mas foi bom, porque me soltei e fui até o fundo no prazer que toda essa situação me proporcionava…e ele agora também estava realizado, sua esposinha fazia dele um verdadeiro corno!"Deitei ao seu lado exausto e estarrecido com a situação; e ela comentou…"– Posso ir contigo? Iria no futebol, mas prefiro um banho de rio nesse calor.

Mas eu queria mais, mas o meu irmão estava cansado e acabado, seu pau amoleceu e eu comecei a chupar, quando ele já estava durinho de novo a minha mãe chegou, então tivemos que deixar para o outro dia, depois que a minha mãe saísse e no dia seguinte deu tudo certo, depois que a minha mãe saiu, meu irmão veio pro meu quarto e me comeu a vontade, eu gozei varias vezes, na sua boca e no seu pau, meu cu ficou todo esfolado e até hoje, ele continua me comendo e eu continuou gozando com prazer, amor e muito carinho…"-Vem cá…Vou te mostrar uma coisa…"-Meu pai sempre foi doido pra fuder a Dona Kelly sabia? – Isa ria enquanto alisava a pica de Biel por dentro da cueca. Entao contou que combinaram a semana inteira de na sexta feira ele leva-la no motel,durante a semana ele me disse que procurava ele no seu setor de trabalho pois ele ficava la sozinho iam para um canto e se agarravam mutuamente contou que ele esfregava o pau na sua bunda que se dividia em uma calça legg vermelha que ela adorava usar no trabalho,mas ela disse que nao passava disso queria deixa lo bem doido para sexta feiraEm fim chegando no motel ela nao permitiu que ele avançasse o sinal sem antes ficar dizendo um monte de sacanagem e tiao tirar a roupa ficava so de calcinha bem enterrada e salto alto e o top tapando o mimimo dos seiosella me contou que ficou andando observando a cara dele as expressoes que ele fazia ao vela ela me contou que gostava de ver o volume nas calças dele que se formava ela ficava perguntando ele o que ele fazia com ela ate que visse suas calças manchadas daquela gosma que inicia com muito tesaovendo isso me confessou que aproximou ele e o beijou de lingua bem devagar fazendo pressao no seu caralho ainda por cima da calça,,,ficaram assim por cinco minutos ela disse que virou de costas para ele mandou que ele abaixasse as calças e sem tirar a calcinha colocou seu membro no meio fazendo um sanduiche com sua bela bunda,,,ela disse que nesse instante ele gemeu e ela se afastou pedindo calma ela disse que gostava de sacanear mesmo e nisso meu pau ja estava todo mas todo babado ded tesao ouvindo aquela safada da minha esposa.

Quando ligamos o sistema de monitoramento vimos meu amigo nu, abrindo sua mala, e guardando seus objetos nas gavetas, conforme foi abrindo as gavetas, mexendo nas calcinhas sua curiosidade foi aumentando, quando ele abriu a gaveta onde tinha vibradores, bolinhas e óleos minha esposa percebeu que conforme ele ia mexendo seu pau que esta murchinho ia ficando duro, cada vez ficava maior ate que ela comentou: que pinto grande ele tem e deu uma risadinha safada. Naquele momento ele esqueceu de tudo e só viu uma deliciosa mulher nua na sua frente, disposta a tudo, ao que parecia.