Comendo Morena Safada Em Publico

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Comendo Morena Safada Em Publico

Comendo Morena Safada Em Publico

A noite meu pai se trancou no quarto com minha mãe e ficamos na sala assistindo até umas 11 horas quando falei que também iria dormir, entrei no quarto, coloquei uma camisola azul, bem curtinha e sem calcinha, que meu marido adora, apaguei a luz e me joguei na cama, mas não tranquei a porta, acho que foi de propósito para ver se meu primo tentaria alguma coisa, esperei um pouco e então ouvi a porta do quarto se abrindo, fiquei esperando e fingi que estava dormindo, ele sentou ao lado da cama e começou a passar mão nas minhas pernas e começou a subir até chegar na minha chana e então não pude disfarçar, pois estava muito molhada, ele percebeu e disse ” nossa que buceta grande e tesuda, tá me querendo né safada, agora vou te mostrar o que é um homem de verdade”, caiu de boca, me lambia toda, acho que em 8 anos de casada nunca tinha sentido tanto tesão e a essas horas nem me lembrava que era casada, gozei como uma vadia da boca dele, depois bateu uma sensação de culpa, afinal nunca havia traído meu marido, mas então pensei, isso é o que ele quer é o desejo dele por que não aproveitar, assim, justificava o sentimento de culpa. Eu comecei o serviço limpei algumas mesas depois chegou karla a filha dele ela tinha uns 18 anos morena com uns peitinhos do tamanho de um limãozinho uma bundinha não muito grande magrinha ela disse que o pai dela tinha mandado ela me ajudar eu sorri e disse tudo bem ela perguntou por onde começava eu mandei ela pegar a mangueira e ir lavando o frízer ela acabou se molhando e escorregando np chão eu fui ajudar e minha mao encostou no peitinho dela eu ajudei ela a levantar segurando ela pelas costas e sua bundinha encostou no meu pal que endureceu na hora ela me olhou eu chamei ela na cozinha e abaixei minhas calças ela ficou assustada mas ai eu peguei a mão dela e coloquei no meu pal e fiquei me masturbando com a mao dela depois virei ela de costas ela deixando tudo levantei a sainha dela puxei a calcinha de lado e encostei meu pal na sua bocetinha ela tentou se sair mais ai eu abracei ela com um braço ela disse que ia gritar eu falei que ia mais iria ser de prazer com a outra mao fui guiando meu pal ate a entrada de sua bocetinha coloquei ela sobre a mesa da cozinha e fui botando meu pal devagarzinho quando passei a cabeça ela deu uma gemidinha ai eu fui forçando e ela gemendo mais alto quando coloquei toda virei ela ela estava chorando ai eu nao aguentei acho que sou sadomasoquista comecei a meter rapido e forte ela gemendo e chorando eu via aquela cena e me dava vontade de empurrar mais eu tava metendo ate o ovo quando olhei pro meu pal entrando e saindo da bucetinha melada de sangue foi quando me dei conta da loucura que tinha feito eu tava descabaçando minha prima quer dizer ja tinha descabaçado aquela altura ela ja estava começando a gostar quando eu tava gozando atirando jatos de porra dentro dela que eu tirei meu pal melado de sangue ela pediu por mais ai eu olhei pra ela e disse que agora so da próxima ce que eu voltar me limpei e chamei ela pra terminarmos de lavar o bar mas de vez em quando ela vinha e dava uma chupadinha quando terminamos fechei o bar meu tio chegou. "Já era tarde, estava numa festa no apartamento do meu namorado, depois de algumas bebidas já estava com muito tesao e fui para o banheiro com ele, ja fui entrando tirando minha roupa gritando pra ele me chupar toda e me fazer gozar, e foi o que ele fez, enquanto ele chupava minha boceta me fazendo delirar minha amiga entrou no banheiro, no começo fiquei envergonhada achando que ela sairia e nunca mais tocaríamos no assunto, mas o que ela fez foi fechar a porta e se aproximar, eu gelei, nunca tinha tido nenhuma relacao com uma mulher antes, mas ela era muito gostosa, so de olhar pra ela ja tava ficando com mais tesao, ela chegou tirando meu namorado e falando que ia ensinar ele fazer uma mulher gozar de verdade, eu ja tava molhadinha de desejo por ela enquanto ela passeava com suas maos pelo meu corpo, então ela me puxou com forca e começou a me chupar, me chupar muito, com vontade, nunca tinha sentindo um prazer tao grande, eu gemia, gritava pra ela me comer, então ela começou a meter os dedos na minha bucetinha com mt forca, ela metia e depois me fazia lamber seus dedos meladinhos com meu gozo, minhas pernas ja tremiam quando ela pediu para o meu namorado me comer de 4 pra ela ver, e foi o que fizemos, ele nem pensou duas vezes e ja veio metendo, quando olhei pra ela, ela tava vendo meu namorado me comendo e se masturbando com a calcinha toda molhada ja, então mandei ela tirar a calcinha e se aproximar pra eu poder enfiar minha língua na sua boceta.

Sou casado e temos por volta dos 40, minha mulher trabalhava em uma multinacional, decidiu trocar o stress e $ maior do privado pelo público, virou inspetora de alunos no estado,caindo 70% do rendimento dela.