Corno Assite A Foda E Manda Bater No Rabo Da Esposa

23 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

23 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Corno Assite A Foda E Manda Bater No Rabo Da Esposa

Corno Assite A Foda  E Manda Bater No Rabo Da  Esposa

Passando a mao em mim Milena colocou aquele vibrador bem gostoso na bucetinha.

Minha puta disse que seu corno tem que se acostumar pq irá trabalhar na zona 2xsemana e será comida p MTS homens.

A gente assite filme agarrado e eu fico dando uns beijinhos nela, já até peguei nos peitos. Completamente entregue, com Amanda enfiando seu dedo em minha bundinha e chupando forte meu pinto, veio o gozo, gozei de uma forma que não me recordo de ter acontecido antes, foi inexplicável. Então o vizinho veio me procurar logo cedo, ele também é casado, mas trabalha em casa e a esposa é que trabalha fora. O encantamento, o fascínio por explorar aquele corpo projetado por artista era mais forte que, assim não tinha como rejeitar as invertidas daquele homem.

Ela subiu o lençol e enfiou-se dentro dele e ficou deitada de barriga para cima, deixando o lençol até quase ao peito. Na academia, um amigo meu sempre foi forte, ombros largos, barriga sarada e usava bermudas largas onde seu pau grande e grosso ficava bem visível e aquilo me deixava bem molhadinha e com um tesão enorme.

Tirei a mão do meu pinto e o cara pegou meu pau por cima da bermuda e o acariciava da cabeça até meu saco,tirou meu pintão pra fora e quando viu,fez cara de admirado,pegou nele,dizia que era grande e grosso e eu perguntei se ele era gay,ele disse que sim,falei que não tinha nada contra mas que eu gostava de mulher e que tinha namorada,ele falou para eu deixar ele me chupar e eu disse de cara que não,que somente mulheres mamavam no meu pau e ele pediu para bater punheta pra mim,disse que não iria querer o “favor” de volta e eu disse que não iria fazer mesmo,falei que deixaria ele bater para mim enquanto me concentrava no filme,já que havia pedido. perdem 100 pontos cada um e ficam de meia e cueca, para compensar a Al. Se ajoelhava no sofá para “prender o lençol”, a camisola, que já era curtinha, subia mais um pouco e ele via o bumbum dela.