Corno Chama 2 Pra Cabine Na Casa De Swing Balada Liberal Esposa Corno E Comedores

Corno Chama 2 Pra Cabine Na Casa De Swing Balada Liberal Esposa Corno E Comedores

Corno Chama 2 Pra Cabine Na Casa De Swing Balada Liberal Esposa Corno E Comedores

Mas fomos surpreendidos com os pais dos nossos comedores. Com os dois seios de fora, ele me agarrou pela cintura e saímos pulando no meio do povo e sempre tinha um engraçadinho, que socava a mão na minha bunda e ficava alisando e apalpando a minha bundinha, outros me chamavam de gostosa e apalpavam os meus seios, eu só queria me divertir e nem ligava, beijo na boca e mão na boceta era direto, eu estava me sentindo, em uma verdadeira putinha dentro de uma zona, porque mão na bunda, mão nos seios, mão na boceta, isso era sem parar, quando um me largava, já tinha outra boca, beijando a minha, quando procurei pelo meu marido e pela minha irmã, já não os achei mais, então continuei agarrada com o garotão, que não parava de alisar e apertar a minha bunda, eu já estava bêbada e continuei bebendo sem parar, eu já estava chamando Jesus de Genésio e Maria de João. Chegando lá,perguntei ao cara da recepção se a tal cabine era tranquila,se dava pra ficar de boa e o cara disse que sim mas era coletiva e eu perguntei se havia muitas pessoas,ele disse que não então fui ao banheiro,tirei meu pau pra fora da cueca e o deixei solto na bermuda,paguei e entrei,estava passando um filme onde uma mulher era comida por vários machos e tinha mais dois caras assistindo.

Após sua despedida, quando eu e a Kelly fomos para a cama na intenção de dormir, ela me contou que a Thais (minha comadre) havia pego uma revista masculina que eu tinha deixado de m bobeira ali por perto e após ter lido um conto erótico confessou que já fazia quase um ano que não sabia o que era sexo, e que lendo o conto (sobre uma relação à três), já estava toda molhada, comentaram sobre o conteúdo do conto e Thais a perguntou se teria coragem de fazer amor a três, minha mulher imediatamente respondeu que desde que eu participasse e fosse o único homem da transa (ainda não havíamos praticado swing nesta época), não havia problema algum, já que ela tinha uma grande curiosidade e tesão por nunca haver feito isto. Nem tomamos o café direito, saímos com pressa e para meu espanto minha esposa pergunta:-Mari…o que você tem? Está andando meio esquisito, está machucada?Pela resposta da Mari percebi que minha filha sabe mentir bem…-Como assim…andando esquisito! Você inventa cada coisa mãe…vamos logo papai, não quero me atrasar, hoje a aula é importante sabe?Dirijo rápido para o motel, clientes matutinos dos moteis são os mais depravados, é só safadeza das mais impróprias.

Minha namorada Akemi e a loirinha gostosa da Helen se entre olharam, começaram a tirar a roupa e se ajoelharam do lado da DeboraMinha namorada olhou pra gente apontou e disse:– Esses são os trés cornos da festa e nos somos as putas. br/contos/a-encoxatriz/""Somos um casal liberal, sem filhos e casados a 10 anos.

Todas as mulheres morriam de inveja de mim nas festas de nas baladas que frequentávamos. Se eu desmascaro, eu torno pública a minha situação de corno.