Dotado Batendo Estaca Na Mulher Do Corno

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Dotado Batendo Estaca Na Mulher Do Corno

Dotado Batendo Estaca Na Mulher Do Corno

Não muito convencional, estavam num papai e mamãe sensual, trocando vários beijos e carícias.

pra minha surpresa meu amigo disse que era um rapaz sigiloso, negro também e com o dote igual ao dele e perguntou-me oque eu estava pensando em fazer? Perguntei se ele seria de confiança pra entrar no jogo, pois a minha vontade era ver minha esposa com dois machos dotados e se fosse dois negros melhor ainda, minha esposa é taradinha em negrão, acho que porque são mais dotados, rsrsr. Lubrifico minha estaca usando meio tubo de KY e inicio a penetração. Me abaixei e com a língua comecei a brincar com aquele pau, que apesar de não muito grande era de um tamanho razoável. Entrei no carro e dei partida, saindo cantando pneu, deixando ele parado no estacionamento.

Apesar de estar morrendo de vontade, eu disse que ali era muito perigoso.

Metia com força e até o talo, batendo a virilha e o saco em sua bunda, minhas coxas batiam nas suas coxas grossas, ela rebolava e puxava a bunda pra frente, fazendo meu pau sair quase todo e empurrando de novo a bunda contra meu cacete, voltando a engoli-lo. E eu gemia tão alto que passei a tampar minha boca para abafar o som.

Numa dessas mudanças, fui transferido para um lugar próximo a capital de SP. Ao entrar no apartamento ele falou: “Corno trabalhando?” Eu respondi que sim então ele já foi arrancando a calcinha do meu biquíni e chupando minha buceta. Hoje ela e o meu amigo são casados e têm até uma filha já, que inclusive eu e minha mulher somos os padrinhos. Ele mesmo lavava, na máquina, é claro, e deixava para o dia em que ela iria. Percebi que estava sem sutiã tanto pelo balanço dos seios médios, quanto pelos mamilos durinhos. De inicio eu achei que fosse algum alucinógeno ou anfetamina.

ficou louco, viu minha bunda com a calcinha atoladinha, em seguida o desenho da buceta pela calcinha, viu que ela tava molhada.