Espiando A Vizinha Rabuda Na Favela E Batendo Uma

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Espiando A Vizinha Rabuda Na Favela E Batendo Uma

Espiando A Vizinha Rabuda Na Favela E Batendo Uma

vi a Safira saindo devagarinho com a mão na boca… Safadona entrou no banheiro e eu nem me apercebi, esteve me espiando e eu me esporrei todo pensando nela. Sentada na cama, frente a frente comigo, o desejo vai tomando conta do nosso corpo que tremem desejando um ao outro. Ele foi beijando meu pescoço, ainda com a mão no meu pau me punhetando. Eu apoiava as mãos no seu peito e ele me segurava pela cintura, socando cada vez mais rápido.

Tirei a minha calça e subi em cima dela de novo. -Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai. agora preciso que você tire minhas medidas, se não se importar. Bombei bastante perto de gozar tirei e coloquei na sua boca gozando bastante e vendo o leite escorrendo na sua boquinha, agora uma vez por semana eu invento alguma coisa para costurar e bombar na coroa safada e vizinha.

Quando eu entrei dentro do banheiro vi a calcinha da minha tia e não pensei duas vezes peguei a calcinha e já comecei a me punhetar, sem perceber que deixei a porta aberta e a tia pensava que eu não estava em casa, abriu a porta e me viu batendo uma punheta cheirando sua calcinha.

Que trepada sensacional tinha sido aquela. Sou gay e passivo, porém normalmente não conto para as pessoas já que infelizmente ainda sofremos muito preconceito, mas para ser bem sincero meu maior sonho era conhecer um homem que me tratasse como eu realmente queria ser tratado, como uma putinha, uma vadia submissa!Um dia usando um chat de um site de hentais eu conheci um rapaz chamado Ayan, um moreno magro de 1,79 e cabelos e olhos castanhos escuros.

Todos os pais eram maduros de 45 a 55 anos e todos fortes e bem conservados e parecidos com seus filhos.