Festinha Maravilhosa Com Amiga Safada

visualizações

62 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Festinha Maravilhosa Com Amiga Safada

Festinha Maravilhosa Com Amiga Safada

Me passa seu telefone, gatinha?Fomos a muitas festinhas em motéis, flats e casa de amigos, bem como em nossa casa. E chupou até que ele gozasse, ela engoliu uma parte, a outra escorreu pelo queixo e caiu nos seios.

Lembro-me como se fosse ontem, quando minha amiga Claudia me falou: “Vida de casada é fooogo!”.

Não conseguia mais deixar de perceber a presença dela pela casa.

Eu relutei um pouco pois por mais que eu adorasse fazer sexo anal já nãofazia há muito tempo.

Hoje sou casado com uma mulher linda e maravilhosa.

Foi muito sexy!Sentei no banco, ela sentou sobre mim e passou a beijar meu pescoço.

ela praticamente sem tirar o pau do meu cu, continuou a me fuder… eu olhei pra tras e sem pensar falei: Me fode safada!!!Ela meteu com força e eu aguentei gemendo!!Passado um tempo resolvi comer ela tb, não podia desperdiçar aquela bunda maravilhosa… coloquei uma camisinha, mandei ela ficar 4 e mandei ver.

Uma de suas mãos bate em minha nádega. Ele engoliu tudinho sem frescura, deixando meu pau limpinho. E eu com uma vontade enorme que eu estava,falei que a deixaria ver meu pau sim,mais ficaria entre nós.

Tive de morder os lábios numa tentativa de conter os sons que saiam de minha boca. e ela tem uma amiga que tamben leciona na mesma escola que se chama patricia ai como iriamos em 2 carros minha esposa que se chama raquel sugerio que fossemos em um so carro assim elas poderiao beber que eu dirigia ate ai tudo bem. Na saída, piscou o olho para o filho e falou baixinho:– Aproveita, porque não vai ser todo fim de semana não, viu?Assim que eles ouviram o carro saindo da garagem, olharam um para o outro, sorrindo.

Sentindo-a preparada para o próximo passo, deitei-a na cama, tirei-lhe a blusa e o sutiã delicadamente, não querendo me demonstrar nem apressado nem ansioso, para não constrangê-la; aquela mulher era especial, fêmea de um único macho, era preciso ir devagar.