Flagra Amador Real Brasileiro Esposa Gostosa Comendo Esposa Vagabunda Do Seu Ficante Sortudo Da Barra Da Tijuca – Rj

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Flagra Amador Real Brasileiro Esposa Gostosa Comendo Esposa Vagabunda Do Seu Ficante Sortudo Da Barra Da Tijuca – Rj

Flagra Amador Real Brasileiro Esposa Gostosa Comendo Esposa Vagabunda Do Seu Ficante Sortudo Da Barra Da Tijuca – Rj

– Não tem jeito, papi…os amantes europeus não são como os brasileiros… aliás, não são como você, o melhor de todos. E papo vai e papo vem reparei que ela estava com um decote maravilhoso que dava para ver os seios dela e ela reparou que eu estava olhando e perguntou se eu queira pegar então disse que sim e começei a dar leves apertadas e chupar os bicos do peito dela então ela percebeu minha ereção e começou a pegar no meu pau e me masturba ficamos lá 15 minutos ate que eu gozei então ela parou a boca e deixou eu gozar dentro e ela nao desperdiçou nenhuma gota se quer…Quando cheguei para buscá-la ela estava só de canga transparente, sem nada por baixo, toda gozada…Fui ao banheiro me limpar, pois fiquei com o rosto lambuzado de porra e fui embora, agora sim estava satisfeito… e pronto para a proxima…No dia seguinte fui outra vez na casa da minha amiga continuar o trabalho escolar e ao chegar lá levei um susto enorme, ela estava com os seios de fora pois estavam tão doloridos e grandes que ela não conseguia colocar dentro da blusinha, fiquei com tanta dó dela que pedi para que ela se deitasse no sofá e dormisse um pouco enquanto eu digitava no computador dela, fiquei tão excitada que meu bicos marcaram a blusinha que eu vestia ela era muito decotada, mas continuei a fazer o meu trabalho escolar e estava tão destraida que não percebi que o marido da minha amiga havia chegado do trabalho, só que como eu estava de costas pra porta ele achou que eu era a esposa dele pois somos muito semelhantes, ele chegou devagar e por trás de mim me abraçou e apertou minhas tetas com bastante força eu dei um grito e pulei da cadeira, quando pulei meus seios saltaram pra fora da blusinha ficando expostos a ele e a minha amiga esposa dele que acabara de acordar com o susto, imaginem só eu e a minha amiga com os seios de fora e aquele homem nos olhando com os olhos arregalados de susto mas ele era tão safado que falou:Quando fizemos uma pausa, mais tarde, saí pra fumar. Assim ficavam 2 jogando 2 peruando o jogo 1 peão encarregado de servir cerveja e vigiar quem chega e quem sai pra não dar flagrante e 1 Peão saia com um viadinho pra fuder num quartinho que o dono da birosca chamado Zé pé duro tinha nos fundos ele cobrava X valor e transformava em cervejas pra não dar na pinta ou seja se cobrace 30 reais ele colocava garrafas vazias como se tivesemos consumido assim niguem notava conta alta sem consumo.

Tive um momento que o sortudo tem que conviver, quando sentávamos vc de pernas cruzadas, sua coxas continuava atraído olhares deixando o tesao brotar nos dançarinos que não conseguiam disfarçar seus olhares e eu vibrando de ver minha amante gostosa e provocante ser desejada por tantos e se entregando pro negão que ficava ainda mais doidao de tesao por está te exibindo e ver vc que insinuava com seu charme e sua sensualidade deixando os caras de olhos cravados em vc.

Ela ajoelhou-se segurando a barra da camiseta e foi erguendo lentamente. Comecei a mamar Gostoso a piroca dele, enfiando tudinho na minha boquinha gostosa.

E assim foi acontecendo pegamos ela na quinta feira ela estava radiante, fizemos uma programação para sair com ela todos os dias, fomos na lapa, nas prais da Zona Sul, no Sabado levamos ela para conhecer a regiao dos lagos, ela ficou maravilhada, Num destes dias que saimos sabado a noite, fomos a um barzinho na tijuca com música ao Vivo, neste dia ela estava linda, com um vestido relativamente curto porem não estava indecente toda maquiada cheirosa demais, fiquei impressionado, podia contar de um em um minuto chegava alguém em cima dela, e estavamos bebendo cerveja e eu ofereci uma caipirinha para ela, que ela aceitou na hora,minha esposa falou para ela ficar tranquila e se divertir que nos estaríamos ali com ela sem problemas, lá pelas três da manhã ela e minha esposa já estavam pra lá de bagda, tomaram todos, eu que não sou bobo fiquei no sapatinho sá observando, em um momento quando minha esposa foi ao banheiro, ofereci mais uma caipirinha para ela e ela já meio alta falourn que não sabia que já estava tonta e estava com medo, eu falei para ela que poderia ficar tranquila que eu estava ali e ia cuidar dela, neste momento ela chegou e falou que gostaría que seu namorado fosse igual a mim, que ela seria muito feliz, que minha esposa tinha falado muito bem de mim e que ela tinha sorte. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Segurando nas alças da calcinha, puxa ele bem devagar descobrindo a vagina da minha esposa, nesse momento toda ensopada de tesão. Quando dei por mim, Silvia tinha voltado pegar o celular que tinha esquecido e ficou me olhando tomando banho e me olhando com aquela cara de vagabunda. eu logo dei outra chicotada e disse vc entendeu e ela respondeu sim amor, eu ja tava de pau duro de novo e cheio de tesao com aquilo tudo nunca tinha imaginado q teria tanto tesao em ter minha mulher submissa a mim eu me posicionei atras dela e fui introduzindo meu pau na sua bucetinha q a essa altura ja tava toa molhada de tesao eu coloquei a cabeça e logo soquei tudo ela deu um grito e eu comecei a socar forte se dó nem piedade e ela gemia como uma atriz de filme porno eu segurei em seus cabelos e comecei a socar mais forte e a dar tapas na sua bunda e disser ta gostando putinha do teu macho te comendo com força, nessa altura ela ja nao conseguindo se segurar até que se soltou de vez e disse isso amor mete gostoso nessa sua putinha vai me arromba gostoso vai eu ouvindo aquilo fui a loucura e anunciei q ia gozar quando q pra minha surpresa ela disse q ia gozar tbm entao me segurei e gozamos juntos num gozo q pra mim foi o melhor da minha vida ate o momento. Observei por alguns instantes toda sua beleza negra e peguei um frasco de lubrificante ela já sabia o que eu queria empinou um pouco sua bunda para que eu pudesse untar seu cuzinho, derramei uma porção generosa em meu pau e coloquei delicadamente em seu cu, observei enquanto minha piroca de borracha deslizava para seu rabo em instantes seu cu engolira meu pau por inteiro e comecei a fazer movimentos leves e aumentando aos poucos até começar a perceber seu rostinho de dor aquilo me deixou louca comecei a meter c força e mais força até que eu gozei descontroladamente e cai por cima de Malu, ficamos assim por um tempo nos curtindo.