Flagra bunduda peito grande gemendo pra valer nessa foda gostosa com chifrudo puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Flagra bunduda peito grande gemendo pra valer nessa foda gostosa com chifrudo puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Flagra bunduda peito grande gemendo pra valer nessa foda gostosa com chifrudo puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Fui aumentando o ritimo devagar até chegar no Tra Tra Tra Tra Tra ali não deu outra ela gemendo e gozando eu enchi seu Rabo de Porra. depois que parou de xupar disse agora chega, eu com a maior cara de piedade do mundo pedia pra que ela me deixasse xupar sua bocetinha só um pouco, carina dessa vez já não fez tanto doce, baixou a bermuda jeans que usava e em segundos eu estava novamente ajoelhado ao seua pés só que agora minha lingua furava sua bocetinha xeirosa e acariciava seu grelinho gostoso, todo cor de rosa, ela não se conteve e com dois dedos abriu sua bocetinha pra mim expondo aquele grelo rosado e pequeno, maravilhoso, em poucos minutos carina começou a dizer que não estava aguentando e que iria gozar, pra não acabar o clima parei de xupar sua xana e comecei beijando suas coxas roliças e gostosas, que pra mim só perde pras coxas de minha esposa.

Semana passada a gente estava olhando tv ela estava só com uma camiseta e só de calcinha eu tb estava assim ai ela derrubou o controle no chão e foi pegar e eu dei um puta tapa na bunda dela mas de zoeira e ela veio e colocou a mão na minha buceta, ai eu puxei ela e coloquei no meu colo tirei a blusa ela me beijou e a gente começou a se pegar, ela tirou minha blusa e eu chupei aqueles peitos com tanta vontade que ficaram roxos. br beijosNessa hora, meu pau ficou duro, aliás, já estava duro, então, começei a massagear o saco dele, que ficava pegando nos peitos de minha mulher…em certa hora, ele pediu que ela o chupasse, que ele ia gozar…ela pôs o pau dele na boca e eu fiquei massageando até que ele gozou na boca dela…um super jato de porra…O fato e que sou muito bem casado, adoro minha esposa e a mais ou menos 6 anos tenho a fatasia de ve-la transando com outro, não que nao goste dela, muito pelo contrario, acredito que este acontecimento esquentaria ainda mais nosso relacionamento que e muito bom, desta forma, sou leitor assiduo destes contos, e sempre que possivel peço para que ela leia, na esperança de despertar esta vontade nela, entretanto seu desprezo, aparente ou verdadeiro me da uma ducha de aguá fria. Querendo mais e mais eu tava como uma cadela no cio e pedia pra ela comeu meu cu mais com toda forca que pudesse assim ela fez e eu gozei como se tivesse mijando e ela bebeu toda minha porra ai ela pegou o kct de 2 kbecas e colocou na minha buceta e na dela e ficamos nos fodendo por uma bom tempo ate gosarmos denovo e ficarmos exaustas e dormimos abracadas como se fosse uma so pessoa.

Ela era uma raimunda novinha e bunduda.

Ela tirou a camisinha dele, chupou de novo o seu pau e sentou sobre ele, ainda que estivesse em meia recuperação, foi sentando, subindo e descendo até ficar bem duro de novo, então aumentou a velocidade e aproveitou, gozou duas vezes com ele, enquanto gozava me xingava e me chamava de corno, me chamava de chifrudo frouxo, de corno manso e mais e mais dava para o outro.

Eu adorava chupar o pau dos 3 caras: Rodrigo, Tomaz e João.

Conhecemos a 02 anos um casal da Paraíba, na faixa dos 40 que mudaram para nossa cidade ficaram nossos amigos.

Eu então comecei a alisar seus peitinhos já colocando eles para fora da sua roupa de dormir, era maravilhoso aqueles peitinhos durinhos grandes e carnudos, enquanto ela pegava o meu pau com uma força de vontade que faltava eu gozar de tão gostoso que era.

Ae meu pai chegou e Me pegou no flagra""Bom,a algum tempo venho lendo vários contos aq e resolvi relatar o meu. Foi quando, ele começou a ‘bombar’ para valer….

ia num puteiro, então vamos transformar… Pegou um cabo de aço dos aparelhos, bateu na minha bunda, doeu pra caralho…Ele me deaamarrou, e eu tive que chupar os 4 um por um"Aquela brincadeira de chupar o pau do meu irmão estava uma delicia, mas larguei aquele pau delicioso e me deitei na cama, meu irmão foi abrindo as minhas pernas e foi invadindo a minha bucetinha, com a sua língua quente e afiada, com dois dedos, socados no meu cuzinho, ele fazia um vai vem, muito gostoso que me fazia delirar, sua língua passeava por dentro e por fora da minha bucetinha, eu me contorcia de tanto tesão, eu soltava gemidos e sussurros, rebolando deliciosamente, eu apertava o seu rosto, contra a minha bucetinha e logo tive o meu primeiro orgasmo.