Flagra De Foda Na Rua Em Pleno Carnaval

2 mins

Categoria:

Tag:

visualizações

2 mins

Categoria:

Tag:

Flagra De Foda Na Rua Em Pleno Carnaval

Flagra De Foda Na Rua Em Pleno Carnaval

Apesar dela não ver exatamente o que acontecei, M.

após esse episodio tinha vergonha então acabei me retirando um pouco da casa da minha avó, então o tempo passou também casei e foi nesse ano que o melhor aconteceu, através de redes sociais minha tia acabou solicitando minha amizade, aceitei e começamos conversar, nada demais o assunto era sempre família e assuntos rotineiros, foi então em que um dia ele pediu se poderia fazer uma pergunta indelicada, sem imaginar oque poderia ser respondi que sim, foi então que ela me pediu: Você achava a tia bonita quando era mais novinho? Respondi que sim que era uma mulher muito linda, por sinal muito atraente, foi então que ela pediu se era esse o motivo que fazia eu revirar suas calcinhas quando garoto, pois além da vez em que me pegou no flagra varias vezes me viu remexendo em sua gaveta e mexendo em suas calcinhas, fiquei sem saber oque falar, mas em seguida ela disse ficou mudo é, não se preocupa achava excitante quando via você mexendo…após isso trocamos o rumo da conversa e como um pedido de desculpa por me deixar constrangido tia Janeide me convidou para ir tomar um café qualquer dia em sua casa, pois ja não mora mais com minha avó. Mas carnaval e isso mesmo, ia ter muito mais gente fantasiado então seria até normal. Continuei saindo com a gordinha japa (vou chamá-la de Aline) e em todas eu comia ela e ela me comia com o pênis portátil dela, até que um dia ela me fez uma proposta. O clima de sexo estava a mil, o tesão era pleno até que chegaram ao motel. ELE GEMIA DE TESÃO SEU PAU LATEJAVA NA MINHA BOCA … ELE GEMIA DESCONTROLADAMENTE , AO OUVÍ -LO, CHUPAVA COM MUITO MAIS GOSTO , ELE ERA GOSTOSO DEMAIS. Na manhã seguinte, depois de ver que a esposa dele saíra, fui até lá, ele me recebeu assustado e eu expliquei o que Meg tinha me falado e estabeleci que se não fosse assim, não seria mais de jeito algum.

Depois dessa conversa franca, Clésio chamou-a mais algumas vezes. E o senhor_ gostou de me chupar.