Flavinha tomando Vara do Vizinho

Flavinha tomando Vara do Vizinho

Flavinha tomando Vara do Vizinho

Bem, fomos buscar Patrícia na rodoviária e ela estava super feliz, saímos pra comer e beber e depois fomos pra casa, Patrícia apesar de demorar pra assumir sua sexualidade é alegre, gosta muito de conversar, e é bastante desinibida, conversando sobre qualquer assunto, em casa ela nos contou como foi que se assumiu bissexual, como foram as reações de sua família e como foram suas experiências com uma mulher pela primeira vez, ouvir ela falando de sua intimidade para minha esposa nos deixou bastante excitados, mas como estávamos cansados fomos dormir cedo, no segundo dia nós saímos, passeamos bastante na praia e voltamos pra casa a tarde, eu havia comprado alguns peixes e vinhos e a tarde ficamos em casa assando os peixes na churrasqueira e tomando vinho, depois de 3 garrafas de vinho nós já estávamos bem a vontade, e minha esposa começou a fazer perguntas indiscretas pra Patrícia, querendo saber como que era transar com outra mulher, quem chupa melhor, se o homem ou a mulher, esse tipo de coisas, patrícia achaou muito engraçado e respondeu a todas as perguntas sem embaraço, eu falei pra minha esposa que era só ver um filme pornô pra saber como que era, e minha esposa disse que filmes pornôs não condizem com a realidade do sexo, então começamos a falar sobre as diferenças de filmes pornôs, Patrícia disse que havia filmes pornôs específicos para mulheres e que eram bem diferentes dos filmes pornôs que os homens assistem, então minha esposa aproveitou a oportunidade e ugeriu que nós assistíssemos as dois pra vermos as diferenças, Patrícia meio que deu uma risadinha safada e disse que por ela tudo bem, desde que minha esposa não ficasse incomoda por ela estar vendo pornô comigo.

Sua mãe desconfiada não para de implicar:-Estou avisando, tua filha está aprontando alguma coisa, só quer festa e usar roupas provocantes, se você não ficar esperto vai ser vovô logo…mas não vai ter genro…seu paizão frouxo!Eu sorrindo vou levando, os últimos acontecimentos me deixaram um pouco anestesiado, mas logo vou ser testado de novo…Tres semanas depois minha filha me procura a noite para conversar, esperou a mãe dormir e veio com cara misteriosa:-Sabe pai…eu tenho conversado muito com a Flavinha pelo Skype, não fique assustado mas ela contou para o tio Del que você comeu ela, teve que contar…sabe o tio come ela direto e achou estranho o cúzinho dela, eu sei bem como você deve ter deixado o rabinho dela…né pai?Assustado perguntei se sabia qual a reação do Delço meu irmão, foi então que ela me apavorou:-Pois é pai, o tio Del tem falado comigo também pelo Skype, ele não está brabo não, pode ficar tranquilo…ele disse que você vai entender e aceitar bem…Neste ponto ela baixou a cabeça e pareceu meio tímida, disse para ela continuar…afinal o que meu irmão estava querendo?-Ele disse que se você comeu a filha dele ele quer me comer também, disse que me acha muito gostosa e perguntou se você me come sempre, mandou uma foto do pinto dele…parece ser menor que o seu…fique tranquilo papai…Eu dou conta…"Aí vi uma luz no fim do túnel. Com os vizinhos não, mas e com a turma?– Eu nunca imaginaria que um de vocês iria criar caso vendo quatro lindas garotas nuas… vocês não são gays, são?– Não, ninguém é gay, mas talvez vocês nos deixem excitados…– Jura? E se eu te dissesse que é exatamente isso que nós queremos?– Ah, bom… então tudo bem!Elas tiraram os biquínis e ficaram calmamente deitadas, lado a lado, deixando o sol tostar suas brancas peles.