Fodendo A Mãe Do Meu Amigo

Fodendo A Mãe Do Meu Amigo

Fodendo A Mãe Do Meu Amigo

Rafa é branquinho ele ficou todo vermelho com a situação q saiu até srm dar Tchau.

Eu respondi àquela fala sacana com mais sacanagem, fodendo ela com firmeza, mas sem colocar força para não machucá-la, pois percebi que era a primeira vez que ela dava com vontade e bem gostoso.

O amigo foi o primeiro, veio um jato grosso que melou meu rosto e ele ficou punhetando até terminar, logo o moreno gozou também, um gozo mais fino, mas em maior quantidade e que melou mais ainda meu rosto. Enfiei a pica até o talo e mandei ele chupar meu dedão.

– Céus, eu estava muito bêbada para pedir isso.

, informou que o banheiro da piscina estava quebrado e que entrar na da casa teria que se enxugar ou então fazer na grama mesmo. depois fui eu que retribuiu dando-lhe uma bela mamada quase o fazendo gozar, mas ele não me permitiu continuar, me jogou na cama e disse que agora eu saber o que era ser fudida por um macho,cheguei a ficar com medo pelo modo como segurou os meus cabelos e sem cerimônia enfiou aquele pau enorme em mim e socou com força. Quando o padre chegou em casa era mais de 10 horas da noite, e nem a procurou e foi trocar de roupa e depois foi ate o quarto dela pra dar uma olhadinha. Que boca macia!! Que pegada!! O beijo dele era perfeito, molhadinho gostoso e o jeito como chupava minha língua era delicioso. Comi a Lucia durante 2h seguidas, E ela ao sair da pousada já não sabia que estava fazendo, tanto é que esqueceu o relógio, o maço de cigarro, e o cordão que tivemos de voltar pra pegar.

Joao, ainda socava em mim, quando Carlos foi por banho.

Metia na boca com volúpia, enfiava até onde conseguia e voltava sugando cada centímetro devagarinho. Ele deitou no chão, visivelmente cansado, tadinho! E Saulo e eu fomos tomar um banho, pra continuar a nossa noite que estava só começando…""OiTenho uma sobrinha emprestada que é uma delicia.