Fodendo A Namorada Gostosa Até Gozar Molhando Tudo Casal Amador

visualizações

90 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Fodendo A Namorada Gostosa Até Gozar Molhando Tudo Casal Amador

Fodendo A Namorada Gostosa Até Gozar Molhando Tudo Casal Amador

De repente, com um urro, ele começou a gozar, descarregando porra e mais porra, lambuzando todo rosto de minha mãe.

depois de chupar muito, repetidas vezes, comecei a fazer um Boquete nele, mas sem tirar a minha boca da cabeça daquela Rola gostosa, Ele estava doido de tesão e me chamava de puta, puta gostosa.

 A sensação das suas bolas batendo na minha bunda, ele me puxando pela cintura e enfiando com força o pau no meu rabo foi me deixando cada vez mais louca e fazendo eu rebolar cada vez mais empurrando meu traseiro contra aquela pica gostosa até que eu gozei pelo cu… gritando e gemendo e pedindo pra ele continuar me fodendo… Depois, sentindo que eu estava relaxada, começou a me comer mais com força, socando aquele pau duro no meu rabo todo melado de gel e tesão, segurava forte na minha anca, de vez em quando dava uns tapas na minha bunda e fodia… fodia e fodia. eu estava andando na Avenida paulista quando me deparei com uma ex namorada minha chamada Ana uma delicia de mulher,Morena,cabelos pretos nos ombros,um sorriso maravilhoso, 1,70m, corpinho malhado e uma bundinha de parar o trânsito, ela estava acompanhada de uma amiga, Alice, uma loira linda como ela, cabelos na cintura 1,75 m, um corpo maravilhoso seios médios,e uma bundinha arrebitada como eu gosto, perguntei o que elas estavam fazendo e me disseram que estavam passeando, como eu já conhecia minha ex e sabia que ela era bi sexual dei uma piscada para ela como querendo confirmar se aquela amiga era uma pegada dela, ela me piscou de volta afirmativamente, sem titubear eu convidei as duas para tomarmos um vinho no meu apartamento, sugestão que aceitaram na hora, fomos ao meu apartamento e chegando lá recomendei que ficassem a vontade que eu iria pegar o vinho, deixei as duas de propósito na sala para ficarem a vontade e fiquei espiando da cozinha,a Ana safadinha tascou um beijo na Alice bem molhado e longo as duas começaram e se acariciar bem gostoso e uma começou a despir a outra bem devagar se demorando bastante nos seios uma da outra, Ana deitou Alice no sofá e começou a tirar sua calcinha já toda empapada de tesão e chupou com maestria aquela bucetinha rosada e depilada, enquanto Alice se contorcia de prazer, nesse momento eu fiz minha entrada na sala já com o pau duro e latejando, coloquei meu pau na boca da Alice que não se fez de rogada e chupou bem gostoso minha pica, eu por minha vez tirei a calcinha da Ana e coloquei ela de quatro para mim, enquanto eu chupava sua bucetinha e Alice chupava meu pau,coloquei a Alice de quatro e comecei e comer aquela boceta bem devagar aproveitando todos os gemidos dela, e Alice que é bem safadinha já estava chupando o cuzinho da Ana que delirava e pedia para ela colocar dois dedos no cuzinho dela, eu bombei bastante na Alice até ela gozar com gritos de prazer, deitei no sofá e a Ana veio sentar no meu pau com seu cuzinho apertadíssimo e começou a cavalgar bem rápido enquanto beijava a Alice, de vez em quando eu tirava meu pau do cuzinho de Ana para a Alice poder chupar ele bem gostoso e lubrificar para entrar melhor, comi a Ana bem gostoso até ela gozar bem gostoso e depois coloquei as duas de quatro e chupei a bucetinha de cada uma e depois comi as duas uma de cada vez até eu gozar bem gostoso na boca das duas que se deliciaram com minha porra grossa e quente.

Galera, esse é meu primeiro conto e não sei se fiz direito! Eu sei que meu conto ficou um pouco longo, mas eu realmente espero que vocês tenham gostado! Não percam a parte 2!"olá, meu nome é Pa,ulo, já publiquei dois contos (reais) aqui neste site, e resolvi publicar outro… apás terminar o namoro com minha namorada e o tio dela, carlão, fiquei sem ter relaçao com outro homem uns 2 anos, até que um dia um amigo meu me convidou pra visitar a casa dele que estava em obras para dar uma olhada, acabei me atrasando e ao chegar lá o pedreiro luiz disse que ele já havia ido embora mas que eu podia dar uma olhada na obra mesmo assim, achei legal, e na hora nao pensei em nada com aquele homem, negro (tenho sorte com negros, que maravilha) 1,80m mais ou menos, ele mesmo foi me mostrando a construçao sá de bermuda todo suado, ai sim comecei pensar besteira… mas como havia um outro pedreiro o marcio (este nao era negro, era muito negro, um afro descendente puro e um pouco mais auto que luiz), entao nao dei bandeira e me controlei pra nao mostar minha excitação, no entanto o ao chegar no quarto de casal começamos a converçar, e o luiz começou a falar…” é aqui que o patrao vai comer aquela gostoza da patroinha… falei… é verdade, e começamos a falar sobre sacanagem, até que ele disse aquela celebre frase… mas o bom mesmo é comer um cuzinho apertadinho… nisso notei o volume dele e disse… mas duvido que alguem aguente teu cacete…, ele falou… é verdade , até hoge sá uma mulher aguentou, mas chegou a chorar , e também um viadinho, mas ele quase pediu agua, e o do meu primo o marcio é maior que o meu…falei …. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Ela viu que eu estava molhando pros peitos dela.