Fudendo A Mae Do Amigo

Fudendo A Mae Do Amigo

Fudendo A Mae Do Amigo

Gosto de homens, gosto de mulheres, cada um tem seu encanto. Ele saiu de cima de mim e sentou na cama com seu pau ainda duro.

Como eu entro assim e ele não me dá atenção? Sentei no fim da sala, com a cadeira mais na reta do corredor e fiquei encarando ele, cruzando as pernas, as vezes abrindo elas um pouco pra ele conseguir ver e deu certo!Depois que nos trocamos e quando estavamos nos despedindo, Simone disse que adorou transar comigo e que só não me deu o cuzinho porque eu não pedi. Ainda não trabalho estou esperando acabar o seguro enquanto isso cuido da casa e do Gabriel, nos somos bem amigos e eu normalmente fico de samba canção em cada pois está fazendo muito calor e as vezes fico de pau duro gosto de me exibir e deixo a janela do apartamento aberta pra quem quiser ver. Gemia loucamente e o irmão estava alucinado vendo-a se masturbar também. Você já deve ter visto nestes sais de maridos que gostão de ver suas mulheres fudendo com outros, né. Dessa vez ela começou a abrir as calças. Cumprir minha obrigação, matei minha fome de pica desloquei o maxilar de tanto chupar pica, meus irmãos ficaram com uma raiva da porra os caras só queriam minha bunda, graças a Deus.

Deitei de lado e sem fala nada dormimos pelados depois de gosarNa manhã seguinte acordamos como nada tivesse acontecido seguimos viajem conversamos normal mais sem toca no assunto por volta de 19:00hs ela pediu pra ir pro motel q tava cansada ,entramos pro motelDessa vez ela mesmo pediu um quarto de casalFormos para o quarto tomando banho quando de repente ela entra no banho comigo pai ficou duro logo ela olhou calma e só banho puxei ela pra baixo do chuveiro comigo ensaboei ela toda saímos do banho em frente a cama se secando não aguentei empurrei ela na cama e cai de boca na buceta dela chupei muito até fica bem molhadinha levantei ela da cama ela senta e disse nossa que tesão sabia que fazia anos que não gostava ontem eu gozei como nunca eu disse e eu nunca gozei tão gostoso como ontem.

E aí fiquei errando de propósito, queria ver até onde ele iria com a safadeza dele.

Deixei a porta aberta e continuei falando com ele, que se aproximou para não ter de gritar.