Funkeira Rebolando O Cu Na Pika

visualizações

61 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Funkeira Rebolando O Cu Na Pika

Funkeira Rebolando O Cu Na Pika

Primeiro devagar, para depois ao vê-lo se tornar mais flexível, começar a bombar de verdade.

Ele trouxe a Fanta, nós bebemos e conversamos mais um pouco. -boa tarde! Vc mora no apartamento de cima neh!?"e respondo no ouvido delaEu já estava acostumada a dar o cuzinho, mas nunca com um pau daquele tamanho, mesmo assim me posicionei afinal eu ia dar o cuzinho pro meu irmãozinho querido, ele lambeu o meu cuzinho até deixar ele bem molhadinho, quando o seu pau começou a entrar no meu cuzinho a dor era insuportável, mas depois de varias socadas, veio aquela sensação de alivio e eu já estava rebolando a bundinha naquele pau enorme, era uma sensação tão gostosa, era um prazer anunciado e acabamos gozando juntinhos, parecia que o meu cuzinho estava rindo de alegria e satisfação. E minha mãe, embora com 55 anos, mantém sua ótima forma e também procura fora de casa a sua satisfação sexual.

Falou que eu teria futuro no negócio. Só de lembrar minha calcinha já molha e tenho vontade de mais. Essa foi minha deixa para voltar cuidadosamente para casa. Perguntei “É O MELHOR QUE SABEM FAZER?”A provocação deu certo e foram pra cima de mim. Ele me desceu, me virou de costas, me debruçou na mesa e enfiou por trás, minha bucetinha escorria de tesao, eu gritando, nem aí se alguém, de algum outro escritório estivesse ouvindo, eu queria prazer. De imediato falei para ela era linda e que se fosse seu namorado ia trata-la como uma rainha ia querer ela todos os dias. A ANA TINHA 24 ANOS MORAVA SOZINHA DESDE QUE OS PAIS DELA TINHA FALECIDO EU ERA CRIANÇA E NÃO ME LEMBRO BEM DISSO.

Falou isso puxando Scheila em sua direção e tacando nela um beijo daqueles que eu já conhecia tão bem.

Minha irmã parecia dormir, eu pulei na cama e “peguei no sono” rapidamente.

Com isso, não deu para aguentar mais e anunciei que estava enchendo seu reto de porra.