Gatinha Suplex Muito Gostosa Dancando Funk

86 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

visualizações

86 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Gatinha Suplex Muito Gostosa Dancando Funk

Gatinha Suplex Muito Gostosa Dancando Funk

Encontrei o Thiago no horário certo, entrei no seu carro doida pra sentar naquele pau enorme que ele tinha, mal entrei no carro e já fui tocando uma punheta de leve,quando chegamos no motel, pegamos as chaves e fomos direto pro quarto, coloquei uma musica sensual e comecei a dançar pra ele, retirava cada peça da minha roupa dançando sensualmente para ele.

Nesse dia o padre chegou em casa e viu ela subir em uma escadinha pra limpar em cima do armário. ""Amo relembrar meu passado , quando adolescente !Hj tenho 24 anos , namoro , sou bi !Quando adolescente moleque transava com os moleques , era muito bom !Hj o tempo passou , uns casou e outros foram embora , mais sempre comoDizia eles , fui a primeira mulherzinha deles !Não me lembro bem como comecei , com quem comecei ,Mais já sentia uma atração por eles !uma transa Q me marcou muito , foi com um garoto, um corpo malhadinhoLindo , lindo , ele me intrigava pois era pegador , pegava umas gatinhas da escola !Mais por acaso nos aproximamos muito e ele se interessou por mim ,Saímos a primeira vez , fui na casa dele , já certo o pensamento Q ia dar pra eleEle ficou meio tímido no começo , começou com simples aperto no meu bumbum. De qualquer maneira, sendo casado com mulher ciumenta e possessiva, sobra pouco tempo sozinho para aprontar sem levantar suspeitas.

Tudo livre, agarrei seu rostinho e nos beijamos maravilhosamente, enquanto nos apertávamos, esfregando nossos sexos um contra o outro; o tesão rolava solto e depois de muito beijar gostosamente minha amiguinha, baixei a cabeça e comecei a chupar seus seios, que ainda estavam soltos fora do biquini.

Bem …a minha história começa em uma capital do sul, onde conheci um cara realmente fascinante ( 1,82m, 80 kg, malhado), um doce de pessoa, muito bonito , másculo, inteligente pra caralho e com um peito saltado que me fez delirar…. No dia seguinte cheguei no Rio, a família ficou espantada com meu regresso, mas dei uma desculpa e fui imediatamente procurar um médico proctologista.