Gozando Dentro Da Buceta A Minha Magrinha E Ela Botando A Porra Pra Fora

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Gozando Dentro Da Buceta A Minha Magrinha E Ela Botando A Porra Pra Fora

Gozando Dentro Da Buceta A Minha Magrinha E Ela Botando A Porra Pra Fora

"Olá, meu nome é Rafael, moro no Rio de Janeiro e tenho 20 anos, moro aqui desde criança e com 18 anos comecei a namorar com uma menina chamada Paola, ela tinha 18 anos, morena clara, Cabelos longos até a cintura, peitos grandes, magrinha e uma bundinha empinadinha, Eu era louco pra comer ela, mas ela era virgem, ela me enviava fotos de calcinha, dos peitos dela, e só Estigava, eu não me contentava dela ao menos não pagar um boquete pra mim, ela tinha muito medo, pois usava aparelho, tinha medo de machucar, e só fica a dando beijos no meu pau.

Basicamente assim foi a nossa foda, não teve preliminares, foi pica dentro da xoxota do começo ao fim mas não deixou de ser gostoso por causa disto, demorei bastante a gozar e ela me contou que chegou ao orgasmo duas vezes.

Então marcamos para nos encontrarmos num domingo em minha casa… ela concordou. Abro um pouco os olhos e vejo Carlos se aproximando por trás da minha namorada, lembro que nem tive tempo de pensar e vi ele botando as mãos na cintura dela e beijando do lado do pescoço, naquela momento Camila pausa o beijo que estava me dando e começa a virar para Carlos, a boca dos 2 se encontrou estava num dos momentos mais estranhos da minha vida,eu via a mulher que eu amava de paixão beijando ferozmente um amigo meu bem na minha frente, milhares de coisas começaram a passar na minha cabeça, e a minha próxima ação foi mais estranha e inesperada, sem nenhuma explicação lógica, enquanto os 2 se beijavam,eu por trás dela peguei as 2 alças do vestido e abaixei,resultado,aqueles peitos maravilhoso pularam pra fora e Carlos caiu de boca na mesma hora, ele chupando loucamente os seios foi puxando ela para o outro sofá, sentou e ela veio por cima dele,eu sentei de frente pra eles e fiquei assistindo!Carlos estava com as 2 mão na bunda maravilhosa da minha namorada, puxou o vestido para cima e começou a colocar a calcinha de lado, pegou seu dedo indicados e começou a esfregar e botar a ponta no anus da Camila,eu vendo aquilo td não acreditava, mesmo bêbado cheguei a conclusão que tinha levado minha namorada toda produzida para transar com outro cara, mesmo não tendo a intenção, estava ali vendo meu amor levando dedo no anus enquanto seus peitos e seios eram chupados…Carlos tirou ela de cima dele, levantou e começou a tirar a calça, Camila abaixou a cueca e sem nem tocar as mãos caiu de boca no pênis do Carlos, que pelo álcool ou nervosismo ainda parecia estar meio mole,ela chupava com muito tesão,ele pegou os cabelos dela e começou a forçar um vai e vem,fui pro canto do sofá pra ter uma visão melhor e vi Camila olhando fixamente para ele foi quando tirou o pau da boca dela e perguntou,TÁ GOSTANDO DE MAMAR MEU PAU SUA PUTA?ela simplesmente balançou a cabeça com sinal e positivo e continuou….

Segurei em suas coxas e levantei um pouco suas pernas, e chupei sua buceta como se beijasse ela na boca, ela gemia e soltava gritinhos de tesão, contraía a barriga e a xoxotinha, apertando minha cabeça contra seu sexo molhado, passava a mão nos peitos e apertava, mordiscava a boca e se contorcia, até que apertou minha cabeça com as coxas e uma mão no meio de suas pernas, prendeu-me, e então eu enfiei a língua o máximo que pude dentro de sua bucetinha e ela gemeu alto e me apertou mais ainda, num gozo incontrolável em minha boca que a fez soltar um urro de tesão, pude sentir seu melzinho em minha boca. teve mais conversa , mas eu não me recordo direitoAs 20:37 estava sentada dentro do carro, em frente a casa dos anfitriões, reunindo a coragem que tinha naturalmente desaparecido durante o percurso, saí do carro e caminhei sozinha em direção a musica, confesso que achei que iria chegar e ver uma cena digna de pornochanchada barata ,mas diferente do meu prejulgamento as pessoas estavam ali na área aberta todas vestidas, cada qual com seu copo,uma música boa rolando, rapidamente contando deveriam ter umas trinta e cinco pessoas,ninguém diria que aconteceria o que quer que estivesse programado para a noite que se adentraria, o Carlos me viu primeiro, deixou alguns casais com a Clara e veio me recepcionar:– EU JÁ ESTOU GOZANDO, e era verdade, QUERO QUE VOCE FODA FORTE.

Depois de ficar pondo e tirando a piroca do cu dele eu comecei a sentir aquela sensação que a porra tava vindo.