Gozando Na Boca Da Prima Gostosa

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Gozando Na Boca Da Prima Gostosa

Gozando Na Boca Da Prima Gostosa

Damos umas voltas ai chegamos minha prima esta na porta min esperando para nos dois darmos uma volta em outro lugar do loteamentosairmos só eu e ela andando eu fiquei pensando como seria transar com a minha prima acho ela muito gostosa linda de mais. ele sorriu e segurou minha barriga e passou a me fuder com estocadas gostosas, me colocou de quatro e falou tava com saudades desse rabão, eu olhei p trás cm cara de puta e pedi,fode amor, ele lambeu minha costas e pediu alisando minha bunda, dá esse cuzinho gostoso p mim vai? nisso ele passou o dedo e eu não resistir e pisquei o cuzinho,ele meteu entaõ o dedo nele e lambeu minha orelha falando :ta piscando então quer pica nesse cu, né minha vagabunda( adoro qdo me chama de sua vagabunda). Ela estava estendendo a roupa com uma blusinha bemcurtinho. Quando tira a minha camisa, as tuas mãos tocam meu peito.

A olhei fixamente, completamente maravilhada com a sua iniciativa, sorri e voltei a beija-la. Ela começou a gemer de maneira mais gutural e perdeu o ritmo da cavalgada agora alternando a velocidade mas mantendo a força sempre que possível.

Então ela começou:– Jonas, por favor, não conte pro seu pai. Ele começou a tocar meu clitóris com mais urgência, eu sentia seu pau que pulsava no meu rabo, enquanto ele falava que estava quase gozando. A verdade é que não consegui andar 300 metros e tive que parar o veiculo. Um dia em visita a unidade em que Roberto trabalhava, ele me chamou para um local onde ficamos sozinho e com olhar malicioso tocou minhas mão, meu corpo estremeceu! Logo ele encostou em mim por trás, com seu membro já duro saltando da calça. – Tu atirou em mim!!Apresentações,explicações e justificativas dadas,já estava sentada na cozinha com o kit de primeiros socorros e a Clara me limpando, era uma mulher digna de se olhar mais de uma vez,um belo espécime de fêmea,bem clarinha como seu nome, sem nenhum sinal ou sardas, loira, estava com os cabelos em um coque meio solto, com aqueles fios pendurados que te fazem querer colocar atrás da orelha, estava vestida com uma camisola de alças finas, comprida de um tecido bem delicado, fiquei imaginando que nem com cem anos de prática teria o potencial para acordar tão linda, ela tinha uma voz gostosa de se escutar.