Halloween Priminha Gostosa De Calcinha Na Cozinha Comi O Cu Anal Dela Tia Nao Pode Saber

Halloween Priminha Gostosa De Calcinha Na Cozinha Comi O Cu Anal Dela Tia Nao Pode Saber

Halloween Priminha Gostosa De Calcinha Na Cozinha Comi O Cu Anal Dela Tia Nao Pode Saber

0, o lance: não é uma festa a fantasia comum, como essas de Halloween, sacou? Vai ser uma festa de fantasias eróticas, beleza? Estarei la na festa, no bar provavelmente. Ela colocou o bolo na mesinha de centro, virou-se para ele, toda sedutora:– O que foi que você pediu?– Não posso contar, ainda mais pra você! Você nunca poderá saber o que desejei!– Você se esquece que sou a fada madrinha e que posso realizar seus desejos?– Este você não poderá! Vai ser um eterno sonho!Ela não se conformava e ficou passando os dedos na coxa dele e chegou à zona do agrião.

ela – eu sei garoto, fiquei toda gelada e paralisada nossa nunca senti isso,e fiquei desesperada do meu irmão ver, sérioGabriel a seguiu, segurava os dois travesseiros embaixo dos braços, quando Angela pôs a mão na maçaneta Gabriel a encoxou, sem segura-la ele roçou seu pau duro na bunda dela, fazendo com que sua roupa subisse e a calcinha entrasse ainda mais no seu reguinho, Angela recuou, empurrou a bunda no pau dele e rebolou de leve, ele a agarrou com força e mordeu sua nuca, roçando ainda mais forte a pica contra ela.

Peguei o leite condensado e passei naquela pica gigante e chupei todinha as bolas sugava com gosto e ele gemendo, não conseguia colocar tudo na boca pois sua rola era enorme, por fim ele gozou na minha boca, tomei tudinho então ele se deitou no chão da cozinha e fui por cima cavalgar na tora dele, aí sentava igual uma louca e ele me chamando de puta, vagabunda, falando que ficava louco como eu rebolava no pau dele.

Eu nunca tinha dado o cu mas ele estava me deixando com tanto tesão que me deixou com vontade de dar o cu, então eu pedi pra ele meter devagar no meu cuzinho, e ele atendeu o meu pedido foi enfiando bem divagar enquanto me masturbava, estava sentindo dor mas tbm tava com muito tesão deixei ele colocar tudo, quando ele conseguiu colocar tudo eu já tava acostumada e não sentia mais dor só prazer, então ele começou a meter no meu cuzinho comigo de quatro, puxando meu cabelo e com a outra mão no meu clitóris me masturbando e ele falava: ai amor que cuzinho gostoso, vc tem uma bunda tão grande e um cuzinho tão apertadinho você é muito gostosa, e eu so gemia cada vez mais alto ahhhhhhhhhhhhhh ahhhhhhhhhhhh hummmmmmmmmm, não conseguia falar nada tava tudo tão gostoso que eu n consegui pensar em palavra nenhuma. Bolamos, um plano de viajar, ela por ser nova ainda, os pais não deixavam viajar só,  então convenci meus tios há deixarem ela ir comigo a casa de uns parentes bem distantes,  Isso me daria muito tempo para ficar com ela, no carro logo quando entrarmos,  ela me falou que estava com calor e iria somente de calcinha, e sutiã (ela é muito safada, adora me provocar ), estava cheio de tesão ao ver minha priminha, seminua ao meu lado,  eu dirigido ela me surpreende,  ao falar que estava louca pra me chupar%,  ela logo tirou meu cinto e abriu meu shorts e começou a me chupar,  enquanto eu dirigia, não aguentei e tive de parar o carro numa estrada de ferro,  desativada,  estava louco pra sentir a buceta dela no meu pau, comecei a chupar os peitos dela, e logo mandei ela sentar, do jeito que eu havia ensinado, ela sentava e chupava meu pescoço de uma forma louca,e gemia muito, após alguns minutos ela gozou,  e pediu pra eu segurar, pois era queira engolir tudinho,  fiz a vontade dela, coloquei ela de 4 no banco de trás e comecei a estocar com muita força,  anunciei que iria gozar então ela veio com a boquinha toda rosadinha e começou a chupar até eu gozar nas últimas,  ela engoliu tudo, depois disso colocamos a roupa, e seguimos viagem até a casa dos nossos parentes.