Justine Liberou O Cuzinho E Levou Gozada Na Cara

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Justine Liberou O Cuzinho E Levou Gozada Na Cara

Justine Liberou O Cuzinho E Levou Gozada Na Cara

ja resolvendo as coisas na faculdade, volto para cidade onde moro ela me liga dizendo que tem uma surpresa para mim.

Desliguei e fomos novamente para cama, e assim foi, rola no cu, rola na buceta, gozada na cara, no peito, na bunda.

Observei por alguns instantes toda sua beleza negra e peguei um frasco de lubrificante ela já sabia o que eu queria empinou um pouco sua bunda para que eu pudesse untar seu cuzinho, derramei uma porção generosa em meu pau e coloquei delicadamente em seu cu, observei enquanto minha piroca de borracha deslizava para seu rabo em instantes seu cu engolira meu pau por inteiro e comecei a fazer movimentos leves e aumentando aos poucos até começar a perceber seu rostinho de dor aquilo me deixou louca comecei a meter c força e mais força até que eu gozei descontroladamente e cai por cima de Malu, ficamos assim por um tempo nos curtindo.

Eu faço faculdade, e um dia desses estava chovendo muito aqui na cidade, acabei pegando um taxi, porem eu estava muito excitada… Entrei no taxi, era um taxista coroa já, bem arrumado, dei uma olhada na mala dele, fui que queria ir para o centro da cidade, da minha faculdade até meu apt leva uns 10 min, com chuva levou uns 20 min por causa do transito e tudo mais, chegando na frente do meu prédio, eu fui pagar o taxista e faltou 5 reais, nisso ele disse que tudo bem, que ganhou o dia levando uma moça tão jovem e bela como eu… nisso eu bem safada como sou, estava louca por “algo” ehhehehe. Numa noite já bem tarde quando papai e mamãe já tinham ido dormir, pra relaxar minhas ideias do novo trabalho na oficina sentei na sala pra assistir tv.

Cheguei junto a ela, segurei-a pela cintura e meti, por trás e fiquei bombando bastante e ela não quis sair dali enquanto não gozasse, o que demorou um bocado, mas finalmente ela gozou e me liberou para gozar também. -Só eu posso comer ela, ela não faria essas coisas, agora ela é do meu pai, infelizmente.