Linda Babando Pau De Colega No Trabalho

72 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

72 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Linda Babando Pau De Colega No Trabalho

Linda Babando Pau De Colega No Trabalho

Ele caiu deitado do meu lado e eu com minha bundinha pegando fogo… Demos um tempo e depois de um bom banho e um café ele foi pra casa dele, pois também tava sozinho em casa, mas não sem antes me fazer prometer que seria só dele e que manteríamos o segredo guardado a sete chaves.

Sabia que teria de agradecer e como já tinha reparado que as coisas iam acontecendo… chamou-o no quarto. Doía, mas eu tinha feito uma promessa. Agora, ele guardou a calcinha no bolso e enfiou a mão por dentro da minha calça, mas pela frente, e eu estava toda molhada. Em uma sexta-feira, após as aulas, os alunos se reuniram na sala do Centro Acadêmico para uma pequena happy hour, música ao vivo e cerveja.

Marina vendo aquela pica grossa me olhou pedindo socorro.

Quando a vi ate limpei minha boca pensando estar babando de tão linda era. No dia marcado fui para a casa dela, todo animado. E ali na sala olhei para o quarto e vi minha cunhadinha linda de 16 anos,perfeitinha linda,loirinha um tesão.

Ela topou a idéia mas achou melhor que isso não fosse com o chefe dela, afinal éramos conhecidos e as coisas não poderiam fica legais depois.

Deixei a luz apagada e deitado na cama, ouvi a porta se abrir e de repente o coração quase saiu pela boca…Fábio estava entrando no quarto com um colega dele, tão másculo quanto, tão desejado e faminto quanto um lobo na selva.

– “Ah, nem vem… olha só, gente, é muita novidade para mim em um fim de semana só… Nem lembro mais como eu era pura e inocente antes de vocês me colocarem no mau caminho… Vamos deixar a minha bundinha para um outro dia, ok?”Amanda nada dizia, já que seguia chupando o pau dele, que aliás estalava de tão duro com aquela conversa toda. O beijo dela ficou mais forte e mais profundo, mas ainda lento.

Como se eu tivesse algo com ela. Passei um longo período me dedicando apenas ao trabalho, fiquei anos sem sexo, apenas me dedicando a criar meu filho, mas agora com ele independente resolvi cuidar de mim mesma, viver um pouco.

Aqueles lábios, a boca pequena e a língua quente que envolviam meu pau eram convincentes.