Loira Não Aguentou Ver A Amiguinha Da Escola Pelada E A Buceta Começou A Latejar

Loira Não Aguentou Ver A Amiguinha Da Escola Pelada E A Buceta Começou A Latejar

Loira Não Aguentou Ver A Amiguinha Da Escola Pelada E A Buceta Começou A Latejar

Ela trancou por um momento sentindo o que estava por vir, mas começou a relaxar e rebolar no meu pau quando sentiu a vara entrando.

Eu estava na sala olhando TV até q ela apareceu só de toalha e eu fikei olhando para os peitos dela é ela reparou aí ela m pediu q eu fosse ao quarto dela depois de uns 5 minutos ta fui pensando que ela ia quere só fala comigo quando eu chego no quarto dela ela estava totalmente pelada e eu fikei surpreso com aquilo aí ela mandou eu entra no quarto dela é tranca a porta e isso foi num sábado que a minha mãe estava trabalhando e meu pai viajando ela mandou eu da um bjo nela sem pensa duas vezes deu um baita bjo nela e comecei a bja seu corpo e comessei a lamber seus peitos bem gostozo fazia ela delirar aí fui descendo aí quando cheguei na bucetinha dela comecei a lamber bem gostozo fazendo ela delirar e gemer bem gostozo ela mandou eu tira a roupa aí dps que eu tirei ela abocanhou meu pau aquilo m deixou louco ela lambia mto gostozo m fez goza na sua boca e ela adorou aí ela fikou d quatro e mandou eu mete na sua bucetinha e foi oq eu fiz sem dó nem piedade cheguei metendo sem parar fazendo ela geme d prazer e eu ficando loko,ela mandou eu deita na cama e ela sentou em cima e começou a cavalga e rebolando no meu pau ela fazia eu enloquece depois de 40 minutos tranzando ela mandou eu come cuzinho dela quando eu tava botando naquele cuzinho era bem apertado quando consegui meter ela Souto um baita grito e mandou eu meter devagar mas dps foi só prazer dps d 15 min comendo aquele cuzinho eu gozei dentro dela naquele cuzinho apertado dps desse dias agente tranzava quase TDs os dias da i em diante foi só alegria-ANDA ME FODE, METE FORTE, METE ESSA ROLA INTEIRINHA! – Ela pedia enquanto chorava. Depois de algumas taças de vinho, Juh teve coragem de me dar aquele cuzinho apertadinho e foi delicioso, tenho um pau meio grande e poucas (3 ou 4) teve coragem de me dar, mas com Juh tudo estava sendo super especial e delicioso, era incrível estar com ela, estávamos ficando apaixonados um pelo outro e nesse altura tudo rolava naturalmente, passei um pouco de gel na portinha do cuzinho dela, mas basicamente nem precisou, ela estava tão excitada que de ladinho enquanto ia acariciando seu clitóris foi entrando, entrando, metade ela aguentou, depois pediu para tirar; particularmente não faço muita questão de sexo anal, então ter enterrado metade do meu pau naquele cuzinho já foi delicioso, ela urrava de prazer e gozamos varias vezes juntos e acabamos dormindo grudadinhos. Ela me acompanhou com os olhos, uma mulher loira, cabelos cacheados na altura dos ombros, alta, 37 anos, coxas grossas e pernas torneadas, bunda carnuda e empinada a qual estava contida apenas por uma calça legging bem apertada, aparentemente sem calcinha, cintura fina, seios médios, seus olhos eram mais verdes do que a água do mar, o que me levou pensar:ela – ah é, brigada"Desde pequeno sempre me atraiu olhar as pessoas nuas, seja homem ou mulher, mas na minha adolescencia minha timidez não me permitia me aproximar das meninas entao como andava sempre na companhia dos garotos foi normal me aproximar mais dos garotos. Então eu deitei ele e sentei na boca dele e falei pra ele me chupar até meu grelo latejar! Ele chupava deliciosamente.

Então quando ela apertou meu pau com a buceta, senti que também iria gozar e mandei ela ajoelhar. Logo que cheguei comecei a frequentar a escola e no comeco tive alguns problemas de fazer amigos, mas passado algum tempo eu comecei a me dar com uma garota chamada Anne Fang! Ela era chinesa, gordinha, tinha os seios pequenos, a bunda grande, grandes labios e era um pouco dentuca! Como podemos perceber nao era uma pessoas bonita… ela era bem feia, mas era uma otima compahia e aparentemente uma boa amiga! Adorava estar com ela!!! Ela tinha alguns problemas relacionados a sua cultura, ja que a cultura oriental e muito fechada e muito rigida, ela sofria muito e nao era feliz! Fiquei com pena e comecei a tentar ajuda-la… e fui conseguindo… cada dia que passava ela era mais feliz! Eu percebia o quanto que ela gostava de estar ao meu lado, o quanto se preocupava comigo, que me olhava diferente! O tempo foi passando e chegou o momento que eu me dei conta que ela estava completamente apaixonada por mim!!! Isso deve ter dado um no na cabecinha dela pois ela comecou a provocar uma serie de brigas, ate que chegou o momento do afastamento completo, ela estava tao confusa que estava preferindo nao mais falar comigo! Eu nao me surpreendi com essa atitude… eu sabia que ela ja tinha muitas dificuldades com os seus sentimentos, em relacao a amizade, carinho, amor… como poderia aceitar que estava completamente apaixonada… e ainda mais por uma mulher!!! Isso ja soava tao normal para mim, afinal ja fazia algum tempo que eu so me apaixonava por mulheres, so beijava mulheres, so transava com mulheres! Entrei em um conflito, mas percebi que ela era minha amiga e que agora estava precisando de mim mais do que nunca, se havia sido eu que a tinha feito descobrir a felicidade, agora eu era o principal motivo de sua tristeza e podia faze-la feliz como nunca!!! Decidi ajuda-la!!! Estavamos numa semana de ferias e uma dia fui na sua casa de surpresa! Quando ela abriu a porta tomou um susto e ficou completamente em estado de choque… alguns segundos depois ela fechou a cara e disse: “o que vc esta fazendo aqui? Ja felei que nao quero mais falar com vc!!!” Olhei bem no fundo dos olhos dela, sorri e falei: “Anne, calma, eu so vim aqui para conversar com vc! Me da so uma chance!!!” Percebi que ela nao estava disposta a ceder, mas fraquejou diante do meu pedido e me convidou a entrar. Começo de ano estava de férias e acabamos marcando o dito café, fui até a casa da tia Janeide e quando cheguei pude perceber que ela estava só, minha prima tinha ido a casa de uma amiguinha, enfim arrumou um belo café e nos sentamos, conversa vai conversa vem ela me convida para subir e ver algumas fotos no notebook, sentamos no sofá e tudo estava normal até que ela pega em minha mão e pede porque eu estava tremendo, sem deixar responder me beijou e disse fica tranquilo estamos sós…com isso acabei revidando o beijo, a partir dai que as fotos ja haviam sido esquecidas, estávamos na maior pegação, tia Neide tinha um beijo muito gostoso, ela levantou e me puxou pelo braço e fomo até o quarto, chegando ela abriu uma gaveta de seu roupeiro e disse, olha quantas sente saudade disso, mas agora você não precisa mais delas.