Minha esposa pelada no banheiro

Minha esposa pelada no banheiro

Minha esposa pelada no banheiro

Nas ligações ele dizia que seria apenas uma conversa e que não passaria disso no primeiro momento, a esposa dele olhou para Vitor e disse amor vamos com ele para o motel para ver o que pode acontecer, ele ficou perplexo, admirado com a atitude da esposa, pedimos então para o garçom fechar a conta e saímos do barzinho e fomos a um motel ali mesmo naquele município.

A longa abstinência surtia efeito.

Ela disse: pois então eu vou dar minha buceta pra você… Ela mesmo acabou de tirar minha roupa, deixando-me totalmente nu, tirou a roupa dela também, ficando pelada, deitou-se de costas, abriu bem as pernas, com uma mão ela pegou no meu pau e com a outra ela abriu a buceta pra mim e ela mesmo se encarregou de dirigir meu pau para dentro… Entrou tudo de uma vez porque ela estava super molhada de tesão….

bom depois de ter afastado olhou para ele fixamente nos olhos abaixou e com sua boca lentamente pois se a engolir o caralho dele e ela contou com ar de safada que chegando ate a base do catete desse cara parou sorvendo por um minuto e voltando lentamente quando alcançou a glande ele na resistiu jatos de porra grossa saiu do seu caralho atingindo todo rosto e seios de minha esposa e ele nao suportando aquilo tudo agarrou sua cabeça apertando contra seu membro ainda esporrando esfregando a cara de minha esposa lambuzava toda e chingando ele de puta vadia ela disse que nesse momento ela gozava copiosamente sem um membro na vagina so com a cara apertada no pau desse colega de trabalho que a deixou num estado que breve vou enviar para vcs por que quis que ela fizese tudo assim comigo.

estava pingando de tesão, minha esposa gemia e se contorcia e falava,entre suas coxas, abaixou e começou um maravilhoso boquete, chupava comeu e minha irmã estudamos das 7:00hs ás 12:00hs, um dia quando chegavámosDepois do café começamos de novo nossa meterola, ela se ajoelhou diante de mim, devagar foi tirando minha cueca, logo em seguida abocanhou meu pau e começou a chupar, enquanto meu irmão lhe comia o Cu. Comecei a lamber o saco dele pela ponta da minha língua e com dedo meio passava pelo anus dele.

Concordou e fomos para o banheiro.