Minha Prima Gostosa Dancando Pelada

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Minha Prima Gostosa Dancando Pelada

Minha Prima Gostosa Dancando Pelada

No retorno pra casa com as meninas e meu primo Caio andando um pouco na frente, tia Eliane confessou estar bem incomodada com a participação de minha prima Gabi em nossa sacanagem.

Desde que coloquei fotos dela numa exposição, ela nunca mais se importou com o fato de alguém estar vendo fotos dela nua.

Peguei o pijama e a toalha e fui para a casa do seu Luiz, ele já estava de banho tomado e peladão andando pela casa, era uma delícia ver aquela sena, a pica dele mole devia ter um palmo.

Continuei com o meu marido dançando, conhecendo o pessoal, até que meu marido teve que ir na farmácia comprar mais camisinha e eu continuei ali dançando. Eis que surge a pergunta mais gostosa que já ouvi na vida.

olhou prá mim, cheirou o pó branco e empurou forte dentro de meu cú me fazendoHa muito tempo vinha notando o corpo da minha irmã(14) seios grandes e firmes,bundinha arrebitada e coxas grossas.

Ela se deita de barriga para baixo com uma perna esticada e outra dobrada, isso deixa sua bunda empinadinha e eu vejo o volume da sua buceta que já esta molhada a espera do pau do papai, seu marido, chego a calcinha para o lado e passo o dedo pelo seu grelo molhado de tesão, vou esfregando mais rápido ate ela começar a gemer, ai coloco a língua dentro dela, e lambo ela bem gostoso, lambuzando minha boca com seu gozo, ela então me deita e beija minha boca passando seu corpo no meu, leva o bico do seu seios na minha boca para eu lamba ele quanto ela esfrega sua buceta no meu pau, então ela desce beijando meu peito, minha barriga ate chegar no meu pau rijo de tesão, ela lambe ele bem devagar passando a língua pela cabeça e olhando para mim com aquela carinha de menina sapeca, então ela poe ele na boca e chupa, aumentando a velocidade a medida que meu gemido aumenta, ela então para para que eu não goze e beija minha boca, sentando no meu pau, ele entra todo na sua buceta e ela senta rebolando bem gostoso, ela rebola cada vez mais gemendo e eu passo a mão pelos seus seios subindo ate sua boca, ela acelera baixa o corpo, me beija na boca e fala: – Goza na sua esposa.

Também, depois de ter transado com você, mulher nenhuma consegue ser legal…– Deixa de ser exagerado!– Sou não, Meg, acha que é qualquer uma que faz aqueles boquetes seus? Que quando está numa cama, a gente sente tesão só de ver o quanto você está afim e o quanto gosta de sexo? Não, minha querida, você me acostumou mal… não consigo deixar de comparar o desempenho dela com o seu, e ela perde sempre!– Você me excita falando assim, Ronald!– Eu moro a dois quarteirões daqui, vamos lá?– Não devia ter perguntado, já sabe a resposta!Foram embora, rapidamente.