Morena E Albina Rebolando Gostoso Pelada Sem Calcinha

visualizações

6 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Morena E Albina Rebolando Gostoso Pelada Sem Calcinha

Morena E Albina Rebolando Gostoso Pelada Sem Calcinha

Estavam os três de roupas íntimas agora, as meninas apenas de calcinha.

Ele pediu para eu tirar a roupa, agora estavamos os dois nus, ele começou acariciar meu pau e minha bunda, me pos de lado e passava a mão por traz que ia do meu pau até meu cú, até que ele enfiou o dedo e começou a brincar com meu rabo me dando muito tesão, seu mastro já crescera em minha mão, me pediu para ajoelhar-me no chão apoiado na cama, veio por traz e enterrou sua lingua no meu cú me levando ao delirio, nunca havia sido chupado assim, brincou por uns 5 minutos e apontou a cabeça de seu pau na entrada de meu cuzinho lambuzado com seu cuspe e forçou a entrada, passou a cabeça com uma leve dor mas muito tesão, e foi enfiando todo o resto que eu ajudava entrar rebolando, entrou tudo, sentia seu pau todo dentro de mim e seus pentelhos roçando minha bunda, começou a bombar bem gostoso, hora devagar, hora com vigor, me chamava de sua putinha e me fez gemer como uma cadela no cio, meu pau pingava de tesão, passou o braço pelo meu corpo para dar mais apoio enquanto socava, e eu lhe puxava pelas pernas contra mim. Seus jatos molharam a morena, deitada apenas com a bunda levantada, até quase a sua nuca. Daniel depois de algumas cervejas fica sempre muito gaiato, como chama as meninas de gostosas, pega na bunda de Katia sua mulher, chama de putas e as vezes também mexe com Mara minha mulher, sempre levamos na brincadeira, quando fui no banheiro vi quando ele levantou a saia da minha mulher e disse mostra essa bucetinha pra mim, elas rindo Mara já meio tonta disse é só pedir que mostro e levantou a saia na cara dele, ficaram rindo, quando voltei sentei do lado deles e fiz de conta que não tinha visto, não demorou e ele diz meninas quero vocês duas só de calcinha já eram mais de 11 da noite, elas viram e Katia disse vamos mostrar a esse safado Mara, e tiraram as roupas ficando só de calcinha, Daniel disse pra mim ta vendo compadre são putas mesmo, elas ficaram brincando só de calcinha, então ele levantou-se e pegou na bunda da minha mulher na minha frente, alisou e foi fastando a calcinha dela que já é fio dental, a Katia mulher dele tinha ido na cozinha, quando voltou só fez ri, então ele achou pouco e colocou a mão da minha mulher no seu pau, confesso que fiquei meio confuso, mais já tava ficando do tesão, pois ela não soltou seu pau, Katia mulher dele viu que eu estava ficando de pau duro, veio pra perto de mim abriu o ziper de meu short, colocou meu pau pra fora, e começou a punheta-lo, ficamos calados, quando vi minha mulher se baixa e colocar o pau do Daniel na boca, vi que seu pau é pouco maior que o meu, mais bem mais fino, enquanto Katia me chupava, não deu outra, puxei Katia pra meu coloco ela sentou no meu pau de costa pra mim, só escutei a Mara minha mulher gemendo alto e Katia rebolando no meu colo também gemendo e dizendo que tava gostoso, quase que gozamos todos juntos, Katia veio pra mim me abraçou ficamos os quatro calados, fomos pros quartos dormir pois provavelmente no dia seguinte tinha mais suruba. rnFoi então que puxei o lacinho do biquíni e ele saiu do meu corpo e toda safadinha disse:rn-ihhh…meu biquíni desamarrou…vamos ter que parar de jogar…to pelada…sá com o soutien!rnTodo safado e com os olhos cheios de desejos ele disse:rn-isso não é desculpa pra não continuarmos jogando…tá com medo…minha nora querida…não acredito que vc quer parar…logo agora que tava ficando…mais gostoso…vamos continuar…estamos sá nos aqui…fechei o portão que dá acesso à piscina…vamos continuar…querida!rnSorrindo peguei a bola e tentei fugir dele na piscina…ele logo me agarrou e senti suas mãos deslizando pelo meu corpo…em segundos percebi que ele soltou a parte de cima do biquíni e fiquei completamente nua.