Namorada Cavalgando Até Gozar Dentro

Namorada Cavalgando Até Gozar Dentro

Namorada Cavalgando Até Gozar Dentro

entao a safada riu kkkkkkkkkkke meu pau latejando duro de mais enfiei bem forte dentro do cuzinho dela ate q a porra do leite saiuu gozei dentro do cuzinho dela.

Depois de alguns minutos de sexo selvagem, eu a avisei de que iria gozar, e ela logo colocou meu pau na boca, só esperando minha porra.

Minha namorada Bárbara, nunca gostou que eu me masturbasse,questionava o porque de fazer já que ela fazia tudo o que eu pedia na hora do sexo para que eu não passasse vontade e eu sempre respondia que era normal,coisa de homem,ela dizia que não conseguia entender pois suas amigas diziam que seus namorados faziam o mesmo,falava:Porque todo homem se masturba mesmo tendo mulher,etc. Depois disso eu fui tomar um banho e aproveitei para tomar um remedinho, kkk Marcelinha ficou deitada na sala e Claudia foi ficar na rede da varanda, tomei uma banho demorado e quando voltei Marcelinha estava desmaiada na sala, sono profundo sai na varanda e fiquei conversando com Claudia, depois de um tempo ela foi colocar a miga no quarto, ficou uns 20 minutos as duas no quarto, já estava começando a pensar que só no outro dia iria ter alguma coisa, dei uma cochilada no sofá e acordei na hora que Claudia abrindo a minha bermuda, ela deu um sorriso e disse :C – Pensei que a Marcelinha não iria pegar no sono e deixar você para mim,RSSEla começou a mamar da mesma maneira de antes, assim o pau só apontava para o teto, falei para ela que queria sentir sua buceta de novo, ela sorriu e falou com uma cara de putinha (só a buceta) caralho ela também queria me presentear, começamos com ela por cima cavalgando eu chupava os peitinhos dela, não dava para colocar os dois bicos ao mesmo tempo na boca como eu gosto, mas era uma delicia sentir a bunda gostosa dela nas minhas pernas, apertar aquele rabo gotoso, passamos um tempinho assim e depois levantei ela no colo, segurei ela no ar e cocei a socar nela forte, ela começou a gemer gostoso, a morder meu pescoço deixando marcas, na hora o tesão falou mais alto, pensei foda-se para as marcas, percebi que ela estava para gozar , ela pediu para encostar ela na parede, prontamente pressionei ela e fiquei socando até ela para de gemer e ficar só ofegante, me chamando de puto, FDP, safado.