Noiva Biscate Na Despedida De Solteira Com A Buceta Toda Gozada

Noiva Biscate Na Despedida De Solteira Com A Buceta Toda Gozada

Noiva Biscate Na Despedida De Solteira Com A Buceta Toda Gozada

Sai do banheiro pelado e quando ela me viu já levantou e veio me cheirar, parece que já sabia o que ia acontecer, só bati com a mão no sofá e disse vem, ela pulou no sofá e começou a lamber meu pau, enquanto ela lambia eu passava o dedo com cuspe na xana dela, quando já tava no ponto virei a trazeira dela pra mim, fiquei com um pé no chão e outro no sofá, dava a altura certinha, dei um cuspida no cabeçudo esfreguei e encaixei na entrada da buceta; Quando ela sentiu o calor do pau na buceta, chegou a empinar a bunda e empurrar o corpo pra tras de encontro ao pau , que foi entrando bem devagar, botei até a metade e fiquei num vai e vem gostoso , sentindo o calor e as contrações que aquela buceta fazia no meu pau, tirava quase tudo e botava denovo, e ela ficava paradinha de boca aberta com a lingua de fora, e cabeça virada pro lado olhando pra pra mim como quem diz, mete, mete ai que eu to gostando.

Ela entao começou implorar por minha pica, e como era seu novo macho, comecei a comê-la como uma puta merece, enrabei –a de todo que jeito e posições, Lúcia já sabia que estava toda fudida, pois suas pernas tremiam como vara verde, num destes meios atos, eu virei Lucia de bruços, e encaixei minha pica na sua bunda (objeto de desejo de muitos colegas meus que a conhecia) e Lucia falou que apesar dos seus 36 anos nunca tinha dado o seu rabo, mais como ela estava sem força e já acumulava uma gozada em sua boca (coisa que ela disse nunca ter acontecido tbm) ela não ofereceu resistência e aceitou a ser enrabada, foi isso que eu fiz, comi todo aquele rabo, lisinho, e em cada enrabada o meu pau deixava sua presença. Ela disse:Então resolvi ir la na cozinha e fazer um nescau antês de dormir , derrepente a irmã dele saiu do quarto e veio de camisola pra tomar agua na cozinha , era uma blusona que cobria só até um pouco abaixo da bunda , e deixava as perninhas dela visiveis ,ela entao levantou os braços pra pegar um copo no armario e eu vi aquela camisola subindo e isso me despertouola, bom tudo começou qnd eu tinha 17 anos e minha tia ines q smp brincou de ia pegar no meu pinto e falava q divia ser pequeno etc mais ate ai sao brincadeiras de tia… ela é solteira e mora com meus avos , minha mae ia sair com meu pai e me deixou na casa dos meus avos , mais so estava minha tia la.

Ela estranhou, e desviou elegantemente o rosto para ficar apenas numa despedida convencional (até parecia que tinha ficado desapontada por não ter transado à noite). E passei a mão no cacete do meu marido como se estivesse falando com o pau dele e pergunto se estava satisfeito e ele entende a malicia e bota o pau pra fora dando a entender que o pau respondia a pergunta e disse que tinha adorado e ele sempre quis sentir lábios com espermas de outro, uma boceta larguinha e comer um cuzinho arrombado e se for da esposa dele melhor ainda e pequei no pau e continuei no jogo como se falasse direto ao pau dele…Vara eu tive o arinho comidinho atrás de casa, mas primeiro eu vou de chupar com lábios com gosto de esperma de outro do jeito que você sempre quis e prometo de mostrar como foi e me ajoelhei e pus as mãos nas coxas dele e no vai e vem mostrei ao meu marido como a mulher dele se fez de puta biscateira mamadeira de vareta na rua…E meu marido foi dizendo, senta no meu pau senta agora e tira, tira logo a calcinha que quero de comer e nem pude falar nada e meteu numa só estocada e se ele tinha desejo de boceta com esperma ele teve o segundo desejo realizado a xana da esposa com esperma.

Namoramos 1 ano e noivamos, meu sogro dava a maior força, uma vez ele me disse: você não será apenas minha nora, será minha mãezinha e eu seu paizinho, na hora eu me assustei, fiquei vermelha, não acreditei no que poderia ser o resultado daquela insinuação.