Novinha Branquinha Chorando De Tesão Na Pica Do Negão

Novinha Branquinha Chorando De Tesão Na Pica Do Negão

Novinha Branquinha Chorando De Tesão Na Pica Do Negão

Desligou e falou: Ele disse que se o seu for muito grosso é para ir devagarinho e aproveitar só com prazer que sempre sonhei e que desejava dar para vc negão.

fui e me aliviei, estava tremendo e chorando, esvaziei tudo que tinha dentro de mim. A penetração foi um pouco difícil, a menina é apertadinha e meu pintão um pouco…problemático para novinhas.

rsrs"Para me recompensar, deitou me na cama depois de recuperar a respiração, sentou-se na minha frente e abriu as minhas pernas com as mãos, desceu a té minha buceta, me agarrou por baixo da bunda, deu uma mordidinha na minha coxa, que me fez arrepiar toda, soprou meu grelo, lambeu devagarinho de cima pra baixo até a entrada da xereca, enfiou a língua, subiu novamente e chupou meu grelo todo como se fosse bala que até estalava na boca, enquanto eu me agarrei com seu cabelo e cada vez que gemia, puxava, achei que ele ia arrancar um tufo.

Toquei no pau dele e estava quente e latejando, foi uma sensação ótima, fiquei com tesão na hora. Eu fiquei admirando-a e me recompus. Como serão?Fiz toda a correria e cheguei ao sitio 45 minutos depois delas, chegando elas estavam na piscina a Claudia de biquíni e a Marcelinha, danadinha de calcinha e sutiã, bem alegrinhas, algumas latinhas vazias, eu levei umas brejas, mais três garrafas de vodka, pensando que teria que embebedar elas para rolar algo, a Claudia que me buscou na frente da casa, quando fui para trás, na piscina, estava Marcelinha paradinha, com bunda branquinha, aquela calcinha branca, enterrada no rabo branquinho dela, ela ao me ver levanta e vem até a mim e me beija na boca, e diz:Fiz uma conversão irregular mesmo, mas quando cheguei por lá havia um carro que estava se aproximando também pelo lado oposto dela; Cheguei junto para impor a minha prioridade de chegada sobre ela;"Puxou a calcinha de lado e socou seu caralho em mim devagar e rápido.