Novinha loira pelada na praia

191 visualizações

30 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

191 visualizações

30 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Novinha loira pelada na praia

Novinha loira pelada na praia

Quase caí dura de tanto tesão, sentia todo meu corpo tremer, Mauro sugava minha buceta e sem deixar meu cuzinho de lado, ia pincelando sua lingua de trás prá frente de frente prá trás. E eu disse assim claro na hora pensei em como seria aquele pau entrando e saindo da minha xoxotinha que de pequena nao tinha nada….

No seguinte vi ela olhando para mim e se aproximando.

– “Caramba, essa semana não acaba nunca.

Ela e a amiga estavam se divertindo, peladas, se lambendo todas, quando o namorado dela chegou, sem ter avisado que ia, e pegou as duas naquela ferveção. Tudo o que eu, por ventura postar, será real, porque já li vários contos sem pé nem cabeça, e acredito que a riqueza de detalhes de algo que REALMENTE aconteceu, torna tudo mais interessante.

Tirou sua roupa também e os dois subiram no sofá, ela já foi ficando de quatro e gemeu profundamente ao receber a pica dele em sua xotinha.

Não demora muito Anastásia entra no banheiro e abre o box. ""” Depois de três dias com Julia ela já não sentia dores nenhuma, eu me senti mais seguro e confesso que passei a olhar para aquela menina como uma mulher, eu já senta até um certo frio na barriga, todas as manhãs eu acordava com Julia ou apertando meu pau, ou já me chupando, de fato eu havia criado uma putinha, passei horas conversando com ela e contando a importância dela não contar para ninguém e muito menos fazer sexo com outras pessoas, me preocupava com a possibilidade dela ficar grávida ou pior, pegar uma doença de algum velho tarado… Não que eu seja novo, mas eu tinha apenas 26 anos… ENFIM, desde então julia já estava viciada em sexo, eu mal podia respirar e ela já estava ajeitando meu pau na entrada da bucetinha dela, aos poucos ela ia engolindo centimetro por centimetro da minha rola, meu pau ficava estourando de tão duro e então ela soltava um gemidinho e começava a cavalgar, eu estava me apaixonado por aquilo.

Delícia, delícia, eu grudadinho atrás dela, me esfregando, ele rebolando devagarinho.

Então eu tornei a tirar o pau para foraAlém de bonitão, Carlos era também um cara de um temperamento extrovertido, que contava piadas, fazia brincadeiras e se transformou num freqüentador assíduo de nossa casa, retribuindo sempre que podia, principalmente nas ausências de meu pai, levando-nos, a mim e a minha mãe, para a sua linda casa de praia em Cabo Frio. Casei aos 16 anos, muito novinha e sem nenhuma experiência, principalmente sexual, a final meu marido foi o homem que tirou minha virgindade.

No dia combinado, fyi até ela,sentamos na sala,tomamos algumas cervejas, e conversamos como sempre sobre varios assuntos, nisso sempre trocando olhares safados, devoradores e sensuais. Passado 15 min saiu do quarto minha mãe e uma loira linda, em um vestido amarelo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...