Novinha Safada Rebolando Gostoso Dançando Funk Peladinha

visualizações

1 min 10 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , ,

Novinha Safada Rebolando Gostoso Dançando Funk Peladinha

Novinha Safada Rebolando Gostoso Dançando Funk Peladinha

-Quer porra,safada?Continua…Não falei mais nada.

Eu fico a semana toda sozinha durante a noite em casa, quase desde que nos casamos, nos moramos em um prédio e nesse prédio conhece uma mulher que hoje é muito minha amiga, ela sabendo que eu fica durante a noite sozinha começou a vir na minha casa para a gente conversar fazer amizade e coisas e tals, ela também é casada, no começo eu só via o marido dela e o cumprimentava com o passar dos dias ele começou a vida na minha casa com ela, para a gente conversar, no inicio conversávamos sobre coisas do dias a dia sobre o dia que tivemos até que o papo começou a fica pesando e acabou indo para o sexo, a gente fica muito tempo conversando sobre sexo durante nossos encontros, até que um dia eu pedi para minha amiga fuder com o marido na minha frente, porque eu acho eles lindos,minha amiga aceitou e fomos para o quarto, eles transaram eu fiquei peladinha me tocando. É um prazer dobrado fuder mulheres que sabem ser fudidas, ainda mais uma novinha assim.

Ele deitou se na cama e me puxou pra cima dele, cai com a boceta em sua boca e com o seu pau, bem embaixo da minha, eu não resisti aquela delicia na minha frente e partimos para um sessenta e nove delicioso e gostoso, com a língua na minha bucetinha e com o seu pau na minha boca, eu rebolava e delirava de tesão, depois de um tempo rebolando na sua boca, eu me levantei e sentei com a boceta, naquela big pica grossa, que estava em minha boca, fui sentando de vagar até que ela entrou inteirinha, comecei a cavalgar, subindo e descendo sem parar, meu sogro gemia e apertava a minha bunda, chupava os meus seios e me chamava de gostosa. Estou aqui mais uma vez para relatar um fato muito gostoso vivido por mim recentemente.

Marcela ficou de frente pra ele, ele não tirava os olhos dela, conversa vai e vém, muita caipirinha e cerveja tudo animado ja pela bebida, ele chama ela novamente pra dançar, Marcela se levanta e sai com ele, desapareceram na multidão dançando, demoraram bastante eu ja tava ansioso, só esperando, quando voltam Marcela querendo se recompor, sem batom pega a bolsa e me chama para ir ao banheiro, acompanhei no caminho me deu sua calcinha toda melada de esperma, entrou no banheiro e quando voltou me disse amor, começamos a dançar ele me puxou e me deu um beijo de lingua, não aguentei e agarrei ele também fomos para um escurinho ele queria meter em mim, não deixei mais tirei o pau dele pra fora, começei a punheta-lo, ele meteu a mão na minha xaninha por cima da calcinha então tirei a calcinha e ele meteu o dedo nela, amor gozei no dedo dele ai punhetei ele ate ele gozar na minha calcinha pois não ia dar pra ele sem camisinha, agora amor quero ir pro hotel dar uma contigo, estou com as pernas bambas, assim fizemos, chupei a xaninha dela, passei um hidrante nela pois a xaninha estava vermelha dele forçar com o dedo, dormimos no outro dia no café ja bem ambientados com eles tomamos o café juntos.