Novinha Tirando A Roupa Sozinha Em Casa Mostrando A Buceta Raspadinha

78 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

78 seg

Categoria:

Tag: , ,

Novinha Tirando A Roupa Sozinha Em Casa Mostrando A Buceta Raspadinha

Novinha Tirando A Roupa Sozinha Em Casa Mostrando A Buceta Raspadinha

Deu uma voltinha bem devagarzinho mostrando o que eles iriam comer aquela noite e caiu de boca nas três picas.

"Já era tarde, estava numa festa no apartamento do meu namorado, depois de algumas bebidas já estava com muito tesao e fui para o banheiro com ele, ja fui entrando tirando minha roupa gritando pra ele me chupar toda e me fazer gozar, e foi o que ele fez, enquanto ele chupava minha boceta me fazendo delirar minha amiga entrou no banheiro, no começo fiquei envergonhada achando que ela sairia e nunca mais tocaríamos no assunto, mas o que ela fez foi fechar a porta e se aproximar, eu gelei, nunca tinha tido nenhuma relacao com uma mulher antes, mas ela era muito gostosa, so de olhar pra ela ja tava ficando com mais tesao, ela chegou tirando meu namorado e falando que ia ensinar ele fazer uma mulher gozar de verdade, eu ja tava molhadinha de desejo por ela enquanto ela passeava com suas maos pelo meu corpo, então ela me puxou com forca e começou a me chupar, me chupar muito, com vontade, nunca tinha sentindo um prazer tao grande, eu gemia, gritava pra ela me comer, então ela começou a meter os dedos na minha bucetinha com mt forca, ela metia e depois me fazia lamber seus dedos meladinhos com meu gozo, minhas pernas ja tremiam quando ela pediu para o meu namorado me comer de 4 pra ela ver, e foi o que fizemos, ele nem pensou duas vezes e ja veio metendo, quando olhei pra ela, ela tava vendo meu namorado me comendo e se masturbando com a calcinha toda molhada ja, então mandei ela tirar a calcinha e se aproximar pra eu poder enfiar minha língua na sua boceta. Enviado: 30 de dezembro de 2002 12:06Ola pessoal, vou compartilhar com você uns fato ocorrido na minha vida, eu sou casado, me casei muio novo, tive que trabalhar a muito, minha esposa também bem novinha, ainda virgem, eu fui seu único namorado, ela de uma família muito tradicional, religiosa, muito pacata, mas foi se soltando e na vida sexual a gente de da muito bem, mesmo porque ela nunca teve nenhum contato com outro homem a não ser eu, mais mesmo assim fazemos der tudo anal, vaginal, oral, já estamos bem desenvolvidos, ela estudava, se formou professora, uma mulher linda, 1. Começou beijando sua boca mordendo de leve seus lábios foi descendo pelo pescoço, mordendo e chupando com vontade os seios, Leon foi descendo chegando perto da buceta e fazendo o joguinho que ela gosta muito! Foi passando a língua em volta da buceta na virilha mais sem chegar ao meio aonde ela gosta e a cada movimento ela se contorcia e gemia cada vez mais alto Maya já na alturas evidenciando um gozo muito próximo. Amo muito meu marido e depois de me divertir muito sozinha, achei que ele merecia ter uma de suas fantasias realizada.

Passei a mão em suas pernas, dando leves apertões e então cheguei mais perto, encoxando ela, comei a passar a mão na perna novamente, subi pela barriga e peguei nos seios, ela ia suspirando enquanto eu beijava seu pescoço, passei a mão por dentro da blusa e comecei a pegar naqueles peitos maravilhosos, desci a mão, por dentro do shortzinho dela e comecei a mexer em sua bucetinha raspadinha, ela virava a cabeça para trás me beijando, enquanto eu masturbava ela, até que ela puxa meu calção para baixo e começa a me masturbar e bater meu pau contra a bunda dela, abaixo o shorts dela e ficamos nos atentando. No sabado não fui trabalhar, o Manuel chegou no mesmo horario, Sofia, já estava pronta, novamente com uma saia bem curta e fio dental, levantou a saia e me perguntou será que ele vai gostar, a calcinha preta bem pequena mal cobrindo a bunda e xoxota, e a blusa transparente sem sutiã, com um jaleco por cima, sairam já no carro vi quando ela riu e deu um beijinho no rosto dele, fiquei em casa, era pra ela voltar as nove horas, ela chegou as 10:30hs, com o jaleco na mão sem batom e meio despenteada, foi entrando pro quarto e me chamou, quando entrei ela rindo levantou a saia sem calcinha, me deu um beijo e disse amor ja passei e fui passada, fui tirando o short e nos deitamos eu disse me conta, ela disse que assim que entrou no carro ele foi pra um local mais deserto, fui pra direção lá e ai ele disse que ja tinha acertado tudo, foi logo pegando na sua perna, no começo ficou tremula, mais não tirou a mão dele da sua perna, então ele foi subindo a mão mandou ela parar o carro, a essa altura ele já estava pegando na sua xoxota, ele notou que ela tava toda melada, fastou sua perna e ela não teve reação, meteu o dedo na sua xoxota e ela suspirou, ele puxou a mão dela pra o pau dele, ela pegou por cima da calça ai não teve mais reação a não ser tirar seu pau da calça e começar um chupeta, ele tirou uma camisinha do porta luva e mandou eu coloca-la, o pau dele é bem maior e mais grosso que o seu, coloquei a camisinha dei outra chupadinha e sentei no seu pau no banco de passageiro, fiquei de costa pra ele, ele me segurou pela cintura e mandou ver, gozei gritando chamando ele de safado, ele me puxando pela cintura, gozei umas 3 vezes naquele velho gostoso, só sai de cima quando ele gozou, tirou a camisinha e mandou eu limpar com a boca, por isso meu amor me beija pra sentir o gosto do gozo dele, depois não tive mais força para fazer as aulas e ele veio me deixar, olha como tá tua xoxotinha toda esfolada, então comecei a chupar sua xotota, depois meti devagar pois tava ardendo da camisinha, gozei rapidinho, nos deitamos e acordamos pro almoço, e foi assim minha primeira vez como corno.