Pegando A Cavala Loira De Quatro

Pegando A Cavala Loira De Quatro

Pegando A Cavala Loira De Quatro

Logo após ela desenrolou a tolha que me cobria e começou a me masturbar com movimentos frenéticos, após um cinco minutos assim ela abocanhou meu pau como uma profissional,chupava lambia e fazia tudo o que uma puta faz! então não me contive e a puxei pelo braço colocando-a em cima de mim de pernas abertas para mim comê-la como nunca, ela gritava – me come maninho,não era isso que você queria? – Goza,me lambuza ! então depois disso transamos de quatro,69,carrinho de mão,de costas de todos os jeitos! gozei umas 4 vezes sempre em cima das tetas dela ! quando eu já estava exausto ela me pediu para comer o cuzinho dela,dizendo que se fosse para dar para alguém ela daria pra mim,pois eu tinha o pau conhecido,ela ficou de quatro com a bunda pra cima meu pau estava duro como uma rocha, pedi para ela lamber bem e deixar molhada a cabeça do meu pau, ela fez,então só encostei a cabecinha na entradinha e ela disse: – Me come logo!!! Na hora me veio um tesão e eu enfiei com toda a força já iniciando um frenético vai-vem, ela soltou um grito e disse que estava doendo muito,só que naquela hora parar era impossível arrebentei todo o cuzinho dela enfiando com muita força,gozei lá dentro e tirei meu pau fora ela ficou no chão chorando de dor e me disse que apesar de eu ter arregaçado o seu cuzinho ela estava satizfeita.

O lubrificante que ele passara fazia com que brilhasse, ressaltando suas dimensões cavalares, embora a palavra “cavalar” dê a ideia de algo comprido; na posição em que eu estava, prestes a ser empalado, o que mais me impressionava e assustava era a grossura; meus pensamentos foram interrompidos pela voz dele.

”, falou a loira, passando a mão na bunda da amiga. E logo que começou senti que meu sogro era bem malandro pois em segundos já senti ele me pegando por trás e me encoxando acintosamente tentando tirar a bola de mim…e certamente eu facilitava ainda mais tentando parecer que a bebida me deixara grogue.