Piroca de plástico na bucetinha

visualizações

14 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Piroca de plástico na bucetinha

Piroca de plástico na bucetinha

Ao chegar em casa, fui direto pro banho, pois aquele parecia que aquele cheiro de porra no meu rosto era forte demais, e minhas pernas pareciam que estavam grudando.

Eu bombava naquela bucetinha com força mas bem devagar pra dar mais tesão pra ela.

Com medo do que viria, tinha ido longe de mais.

– Olhando deste jeito sua xana tem a forma de um coração – respondi.

– Nossa amor, isso não cabe na minha boca não, vai me rasga toda!Ao termino do beijo eu me levantei e quando ela estava começando a pegar o papel para se enxugar eu interrompi e disse…”deixa eu te ajudar mor”.

BINHO: mas todo mundo estava usando sunga debaixo do short. desejava chupar ela toda… mas eu tinha que me segurar, pois a ideia era de pintá-la e não comê-la!!Passou-se uma semana e já não aguentava de ansiedade… mas quando ela chegou em casa no domingo, fui recebê-la sem perceber que estava só com um calção, sem cueca mesmo. O êxtase naquele momento era tanto que eu nem hesitei! Virei de costas e ele começou a beijar minha orelha. Então, aos 18 anos já tava com corpo de mulher, peitão, bundão, mas ainda era muito inocente…Comecei a perceber que meu avô me olhava diferente, no começo me incomodava, mas comecei a gostar.

Isso tudo demorou uns 15 minutos, imaginei se ele ainda estava lá… Chamei pelo SKYPE:– Vamos? – e ele:– Bora gostosa… e já mandou a solicitação de chamada com vídeo a qual eu atendi rapidamente…Apareceu no meu vídeo uma piroca preta gigantesca e dura com uma cabeçona enorme, roxa e melada… Com o áudio aberto eu falava com a voz afeminada:– Estou louca de tesão seu puto safado pauzudo, cavalo… Seu pau é enorme e eu quero chupar. Ela pegou um recipiente de plástico e foi coletando o leite a medida que apertava o seio direito dela;nesse momento o socorrista só assistia,até que a enfermeira sugeriu que ele fizesse a mesma massagem no seio esquerdo,ele pegou o creme e foi passando e apertando o seio da minha mulher.

– Isa agora se compadecia, alisava o rosto do namorado e dava selinhos nele.