Pornô Amador Muito Excitante Vadia Muito Linda Boa Na Cama Com Amigo Do Trabalho Do Interior De São Paulo

26 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

26 seg

Categoria:

Tag:

Pornô Amador Muito Excitante Vadia Muito Linda Boa Na Cama Com Amigo Do Trabalho Do Interior De São Paulo

Pornô Amador Muito Excitante Vadia Muito Linda Boa Na Cama Com Amigo Do Trabalho Do Interior De São Paulo

Sou virgem e louca pra dar, sou do interior de minas se estiverem interessados deixem um comentário!“Amo Você”. Quando encontrei Nando no elevador e quando ele me viu soltou um grande sorriso e foi logo dizendo que estava morrendo de saudades dos nossos papos eu ali senti que tinha um grande amigo e eu me convidei para ir no apto dele jogar ele aceitou no ato e subimos para e começamos a jogar mais nenhum dos dois queria nada daquilo e eu disse: não para mesmo para os personagens fazerem o que fizemos e ele disse que preferia ao vivo e foi colocando o pau para fora fiz o mesmo e peguei no pau dele e ele no meu só desta vez ele gozou primeiro e eu tive uma reação de não acreditar quando vi porra jorrar na minha mão e ele apressou em dizer que estava morrendo de tesão não deu para segurar e ele parou de me punhetar e foi se limpar confesso que fiquei decepcionado, quando ele voltou e como era muito cedo voltamos a jogar, mais eu não me concentrava no jogo e ele percebendo perguntou se eu queria mais e balancei a cabeça afirmativamente ele tirou o pau para fora e pediu para eu punhetar e fiz e o pau dele endureceu rapidamente e punhetei gostoso e ele a mim e desta vez gozei e me limpei e voltei a pegar no pau dele para continuar esperando que ele pedisse o mesmo mais ele não disse nada e continuei a punhetar e ele não gozava e perguntei se ele sentia dor novamente por não gozar e ele disse que estava bom desta vez e que eu continuasse e assim o fiz, mais depois de um tempo reclamei que doía meu braço e perguntei se ele não queria do outro jeito, Nando soltou um sorriso e eu abaixei minha bermuda e como tinha visto no filme me ajoelhei no chão e apoiei a barriga no assento do sofá e ele veio por trás e começou a passar o pau no meu cu, e eu me arrepiei todo e adorando mais ainda do que a ultima vez, Nando passou a cabeça acertando meu cu em cheio, instintivamente empinei a bunda e senti meu cuzinho piscar e senti meu cu todo melado o pau de Nando soltava muito liquido e aquilo deixou meu cu todo melado e quando senti de novo a cabeça bem no meio do meu cu e empinei mais e mais minha bunda e forcei a bunda um pouco para trás e senti a cabeça forçar a borda, ardeu um pouquinho mais apesar disto a sensação era muito mais muito boa, Nando recuou e pediu desculpas e eu não entendi o que ele tinha feito e eu perguntei o do porque e ele disse que quase enfiou em mim que tinha sido sem querer que não estava agüentando de tanto tesão. Os vídeos pornô para nós fazem o papel de afrodisíaco e apimentam em muito nosso sexo, principalmente os de zoofilia, quando mulheres fazem sexo com cachorro, ela fica excitadíssima. Eu gosto muito de tudo em buceta, seu cheiro, gosto, textura, xixi…e por ai vai…da pra fazer uma lista enorme. Ela ficou com meu celular na mão por um instante, com uma cara que eu não sabia julgar, então ela virou, me beijou na boca, disse que me amava e logo depois:– Ela é gostosa mesmo! Tem uma boca linda! – Referindo-se à segunda foto que retratava da boceta até o comecinho do nariz. Em uma tarde comum no trabalho pego meu celular e vejo 6 chamadas perdidas (tava no silencioso), todas uma menina chamada Marcela, alguém com quem eu ficava em 2014, mas que começou a namorar com outro cara porque eu não queria nada sério.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Chamava-a de puta, vadia, vagabunda e ela adorou isso.

É só para saber se o conserto ficou bom, entende?– Entendo, dona… tomarei quantos banhos a senhora quiser!""Era uma quinta apesar de sempre o homem querer levar a mulher pro motel nesse caso eu queria levar aquele gato de qualquer jeito quando terminou meu expediente lá para umas 21:00 eu encontrei Edu na rua quando eu parei o carro e perguntei se ele queria uma carona, ele sorriu e como ele já sabia o que eu realmente tinha em mente ele aceitou a carona mas tava meio sem jeito de ir, mesmo assim decidimos ir mas chegando lá ele tava tímido, pois nessas altura eu tava cheia de fogo e queria muito aquele corpo todinho, e como eu sei o jeito dele então eu falei pra ele que ia tomar uma ducha e ficar um pouco na hidro, se ele quisesse a qualquer momento ele poderia entrar, ele ficou no quarto deitado pois estava cansado naquela noite mas enquanto eu tirava minha roupa pra entrar na ducha assim que eu estava completamente nua, Edu entra com um sorriso em seu lindo rosto admirando meu corpo e querendo ou não eu notei seu pau grande e gostoso marcando em sua calça, me admirei pois apenas vi pelo espelho que tinha a minha frente e ele por trás, me acariciando pressionando entre o lavatório, fazendo com que eu ficasse como uma presa pega pelo caçador ele começou a beijar meu pescoço, e eu podia sentir seu pau latejando de tão duro ele me deu uns tapas na minha bunda e me pressionava cada vez mais então ele pegava em meus seios todo excitado e com bico enrijecidos eu queria ele todinho dentro de mim, mas ele me castigava, não me deixando virar e só me acariciando, ele falava você gosta de me provocar, gosta de me deixar sem jeito, me faz ficar todo excitado querendo te tocar, nisso ele me beijava e começava a descer sua mão até meu sexo e começou a mexer colocando um dedo e num ritmo de vai vem ele me fazia ficar tremula como só ele fazia, eu queria ele dentro de mim mas ele queria ver até onde eu aguentava, então ele colocou mais um dedo e me pressionando eu não consegui me conter eu gemia com minhas pernas tremulas então quando eu já não aguentava mais implorei pra ele parar e me possuir por inteira pois eu queria ele dentro de mim, ele riu, mas não parava mas quando eu consegui me virar consegui encostar ele na parede tirei a blusa dele comecei a beijar seu peitoral descendo ficando de joelho tirei sua calça e pude ver aquele pau enorme e delicioso que me fazia perder a cabeça comecei a chupar foi minha vez de deixar ele louco quando eu o lambia e fazia pressão na minhas chupadas ele não se conteve e dava umas gemidas, ficando sem jeito, e enquanto ele estava sendo chupado foi tirando o restante de sua calça ficando completamente nu ele me olhava e me fez ser sua escrava pegou em meus cabelos e com carinho e muito tesão ele segurava e a cada chupada que eu dava ele me apertava mostrando o quanto estava excitado, ele falava pra ir devagar pra que ele sentisse minha boca em seu pau gostoso que eu queria muito todinho dentro de mim até que ele se abaixando fiz uma espanhola e finalmente ele gozou em meus seios então puxei ele pra uma ducha rápida pra voltar pro quarto ainda mesmo molhados ali mesmo ele me encostou na banheira e penetrou em mim de uma forma tão excitante e deliciosa ele me penetrava apertando meus seios me fazendo perder as forças nas minha pernas e cada estocadas que ele me dava eu queria mais e mais até que gozamos juntos então rapidamente enchi a banheira e liguei a hidro pra relaxar eu fiquei atrás dele e tocando comecei a cariciá-lo mas logo ele ficou excitado de novo e eu senti seu pau já endurecendo de novo então fui pra frente dele e lá dentro da hidro mesmo me encaixei nele e comecei a rebolar em cima dele e em um movimento de vai e vem ele começou a chupar meus seios foi tão excitante ardente e gostoso que quando ele estava preste a gozar ele me apertou com mais força e aumento a velocidade penetrando mais fundo e nessa hora eu gemia alto pois estava adorando.

Como fazia muito tempo que não encontrava meus primos, fiquei admirada com a beleza do Paulo. Ficamos no 69 um bom tempo até que não me aguetei e pedi pra ela me comer só que o pau dela ainda estava meio mole mais rapidamente ficou duro ela levantou eandou e ficar de quatro prontamente fiquei ela veio por cima e passou um poço de saliva e começou a colocar nossa doeu muito pelo fato de ser minha primeira vez eu gemia e ela empurrava mais caiu em cima de mim e começou a me morder me beijar nossa estava uma delícia já tinha até esquecido a dor que estava pq era só tesão oque eu sentia até que do nada minha namorada liga porra corto o clima na hora mais logo depois voltamos começamos tudo d novo 69 delicioso e ela voltou a me comer e começou a bombar forte estava adorando tudo aquilo até que ele deu um rugido e gosou queria que ela gozasse minha boca mais foi rápido dmais depois deitamos e ela disse que erainha vez meu estava meio mole mais comecei a chupar ela é ele logo ficou agitado coloquei camisinha e penetrei nela noa que cusinho a pertado que delícia não demorou muito eu gosei tomamos banho e esperamos o TX dela chegar nos despedimos e ela foi embora adorei minha primeira vez.