Prima Safada Dando Para O Primo Mais Velho E Se Deliciando Enquanto Ele Chupa

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Prima Safada Dando Para O Primo Mais Velho E Se Deliciando Enquanto Ele Chupa

Prima Safada Dando Para O Primo Mais Velho E Se Deliciando Enquanto Ele Chupa

me xingando e mandando ver no meu rabinho apertado. "Há algum tempo nasceu o desejo de vê-la transando com outro, pois sinto muito prazer vendo ela se deliciando durante nossas transas. rnMeu maridinho corno…nunca soube de nada…continua trabalhando e ganhando muito dinheiro…mas cada vez tem menos tempo para a esposa que cada vez mais se aprimora na arte de ser uma vadia insaciável ao lado de meu sogro que continua um tarado incorrigível e também extremamente generoso com sua nora escrava sexual. Você é assim?-Ah sim, mas não faço isso por aí a torto direito, apenas com pessoas certas, e assim como ela prefiro os mais velhos, bom preciso ir, fica a dica tchau.

O Durval também gostou, me deu nota 10, disse que nunca tinha sido chupado tão gostoso!– Uau… minha mulherzinha tá virando uma expert em boquetes!– Viu só? Ainda serei uma boa boqueteira, pode acreditar, tenho de praticar muito!– Safada!!! Mas continua, o que mais rolou?– Ah, os dois ficaram se revezando em me comer.

Levei até meu quarto onde estava meu PC e deixei-a fazer seu trabalho, disse que poderia ficar a vontade pois só eu estava na casa e fui até a cozinha para lhe trazer um copo d’água, quando retornei ela havia tirado a parte de cima de seu uniforme, usava uma regata rosa com um decote generoso que revelava parte de seus seios que pareciam ser grandes, começamos a conversar enquanto ela trabalhava, notei que me devorava com os olhos e fitava fixamente minha boca e mordia os lábios sabia que estava rolando um clima ali, disse que ia tomar um banho pois estava com muito calor e que voltaria rapidamente ela me falou que já estava terminando mas poderia esperar pois eu era sua última cliente. Minha mãe e minha tia foram para aparecida do norte e eu não queria ir junto e também não queria ficar com a família do meu pai, então pedi pra minha tia para ficar na casa dela com meu primo e minha prima e ela deixou.

Quando chegamos ao Motel só foi o tempo de tirar a roupa e começar a chupar o cacete dele que tinha uma cabeça roxa e grande, parecendo um sorvete, e ele começou a chupar minha buceta que estava muito molhada de tesão, não demorou muito e eu gozei, gritando feito uma cadela.