Putaria Brasileira Novinha Safadinha Comendo O Cuzinho Com Seu Macho De Sorte Da Barra Da Tijuca – Rj

11 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

11 min

Categoria:

Tag: ,

Putaria Brasileira Novinha Safadinha Comendo O Cuzinho Com Seu Macho De Sorte Da Barra Da Tijuca – Rj

Putaria Brasileira Novinha Safadinha Comendo O Cuzinho Com Seu Macho De Sorte Da Barra Da Tijuca – Rj

A bebida realmente me deixou um pouco alta, mas também havia me deixara mais atirada e safadinha. Aí surgiu outro problema, quem começava? Tirámos à sorte e calhou à Joana.

Depois meu sogro saiu e ficou eu e meu namorado, e ele falou que ia comprar um biquíni minúsculo pra mim, e eu disse que não ia usar, mas mesmo assim, passou duas semanas e ele falou que tinha uma surpresa, então me deu uma caixa e tinha dois biquínis, na verdade dois super micro biquínis, super pequenos, aí falei você está louco, como vou usar isso no clube, vou ser expulsa, ele pediu para eu colocar, estávamos no meu quarto, então resolvi colocar e quando ele viu o pau dele ficou duro na hora, rsrsrsr então eu disse olha isso, na parte de cima tampava somente o biquinho do meu seio e na parte de baixo um dos biquínis era só um cordão atrás e na frente tinha uns dois centímetros de largura, se eu abrisse a perna um pouco ele entrava na minha pequena bucetinha, confesso que quando me olhei no espelho fiquei com tesão, o outro era branco, super pequeno também porém sem forro, se molhar a minha bucetinha iria ficar totalmente a mostra, meu namorado trancou a porta e transamos como louco, nunca tinha sido possuída por ele daquela forma, parecia um animal, quando transamos perguntei onde ia fazer marquinhas com aqueles biquínis tão pequenos, aí ele disse que podia ser na casa do pai dele, ai eu disse ficou louco seu pai me ver assim vai achar que sou uma puta, e durante a transa ele me comendo disse meu pai trabalha na firma a casa fica sozinha é só eu falar com ele, ele é de boa não vai se importar, ate mesmo porque quase ninguém usa a piscina, e você vai ficar sozinha, não sei não, disse, e se seu pai chegar e me ver com esses biquínis indecentes, ele me fudendo falou, se meu pai te ver assim vai ficar doido, e do nada ele disse, e olha que meu pai tem um pau super grande, quando ele falou vem em minha mente aquele volume que tinha visto dentro daquela sunga, então ele reforçou meu pai tem um pau muito grosso e comprido, minha bucetinha ficou mais molhada e disse pro meu namorado que conversava e me comia, e tão grande assim, ele disse sim, então fichei os olhos e imaginei e transei gostoso com meu namorado imaginando como seria o pau do meu sogro, foi a melhor transa que tive com meu namorado. Saindo da barra, à luz do luar, pra casa queria voltar.

E assim foi acontecendo pegamos ela na quinta feira ela estava radiante, fizemos uma programação para sair com ela todos os dias, fomos na lapa, nas prais da Zona Sul, no Sabado levamos ela para conhecer a regiao dos lagos, ela ficou maravilhada, Num destes dias que saimos sabado a noite, fomos a um barzinho na tijuca com música ao Vivo, neste dia ela estava linda, com um vestido relativamente curto porem não estava indecente toda maquiada cheirosa demais, fiquei impressionado, podia contar de um em um minuto chegava alguém em cima dela, e estavamos bebendo cerveja e eu ofereci uma caipirinha para ela, que ela aceitou na hora,minha esposa falou para ela ficar tranquila e se divertir que nos estaríamos ali com ela sem problemas, lá pelas três da manhã ela e minha esposa já estavam pra lá de bagda, tomaram todos, eu que não sou bobo fiquei no sapatinho sá observando, em um momento quando minha esposa foi ao banheiro, ofereci mais uma caipirinha para ela e ela já meio alta falourn que não sabia que já estava tonta e estava com medo, eu falei para ela que poderia ficar tranquila que eu estava ali e ia cuidar dela, neste momento ela chegou e falou que gostaría que seu namorado fosse igual a mim, que ela seria muito feliz, que minha esposa tinha falado muito bem de mim e que ela tinha sorte. E lá foram eles, conversando, ela disse que era brasileira, ele era dali mesmo. Num ato de maestria, de macho comedor, abriu minha bundona e enfiou a língua, confesso que nesse momento,meu corpo tremeu e meu cu contraiu como a dizer sou todo seu meu macho gostoso. Até os 18 anos eu ainda era virgem e não tinha namorados, tinha paqueras rápidas com os meninos do condominio que sempre acabavam resultando em cintadas para mim, meu corpo também ainda não era ainda muito desenvolvido, mas dos dezoito aos dezenove anos minhas formas deram um salto de repente, passei de menina magrela para novinha gostosa, foi quando meus maiores problemas começaram com os rapazes loucos para me comer e o papai fazendo guarda feroz!Naquela época notei uma mudança radical em papai, qualquer reclamação ou suspeita da mamãe ele me castigava de um jeito diferente agora. Tudo começou nos bate papo da vida sempre gostei de sexo sem compromisso na época tinha meus 26 anos e adorava uma bela putaria de segunda a sexta.

virei ela e comi a xaninha de quatro, ela gemia e pedia mais, “mais q isso só no cuzinho” eu disse e ela respondeu “entao enfia”.