Putaria liberada mulata super boqueteira adora uma pica durinha em sua xana gostosa do seu namorado de são paulo

Putaria liberada mulata super boqueteira adora uma pica durinha em sua xana gostosa do seu namorado de são paulo

Putaria liberada mulata super boqueteira adora uma pica durinha em sua xana gostosa do seu namorado de são paulo

Enfim ela chegou e o abraçou, até então Paulo não sabia o que acontecia, os minutos, dias, horas, sabesse lá qual foi o tempo que passou para recobrar seus sentidos. Eu tinha 20 anos, meu namorado tinha 27 e o Vinícius, irmão do meu namorado, tinha 23.

De repente ele me pegou no colo e me colocou deitada sobre a cama, eu senti que a partir daquele momento, uma das sete maravilhas do mundo, estava totalmente exposta a sua visão, pronta e liberada, para ser penetrada e devorada, por uma bela pica dura e faminta, quando o meu irmão viu, que realmente a minha bucetinha era loirinha, ele ficou paralisado, olhando e admirando, aquela bucetinha de pelos dourados, primeiro ele alisou, acariciou, massageou, beijou e depois começou a chupar, ele chupava a minha boceta e massageava o meu clitóris, com muita delicadeza e carinho, eu estava entregue ao delírio e ao prazer, comecei a rebolar e ele, me fez gozar duas vezes seguidas. Como moramos só não fomos para lugal nenhum então aquele dia foi de Putaria o dia inteiro.

Ela era desde cedo uma boqueteira de mão cheia. Ela mamava deliciosamente meu cacete e aproveitava para fazer uma coisa que adora roçava sua deliciosa bundinha no pau do nosso amigo, só para provocar.

"Bom vou nos apresentar me chamo Paulo tenho 27 anos ,branco,cabelos preto liso e corpo médio e minha esposa se chama mel, ela tem corpo médio, cabelos cacheados um sorriso lindo ela e super gostosa,somos casados a 3 anos. Bom esse conto é verídico, tenho 38 anos casado com uma linda mulata. Comecei devagar um movimento de entra e sai e ela se deliciava, até que não resisti e comecei a beijá-la toda: rosto, pescoço, seios, umbigo e finalmente aquela buceta gostosa e completamente molhada.

Aquela menina , quando tirou a roupa , se mostrou um mulherão! Corpo sarado, toda branquinha, cheia de tatuagens , perna sarada, cabelo loiro, bunda grande e durinha, buceta rosinha… ficamos pelados , mas ela não me deu.