Safada Mostrando A Buceta No Baile

94 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

94 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Safada Mostrando A Buceta No Baile

Safada Mostrando A Buceta No Baile

Chupava e olhava fixamente para a camera como se estivesse olhando pra mim e pedia goza na minha boca lambuza minha cara para meu maridinho vê? Aquilo me fez gozar sem nem ao menos pegar no meu pau… com o rosto todo melado(coisa que ela nuna deixou eu fazer) ela vai ate marcos e dar-lhe um beijo daqueles bem apaixonado… seu marcos no auge dos seus 55 ficou novamente de pau duro e foi posicionando minha esposinha para se acomodar no seu cacete que tambem num era essa descomunal nao… era bem grosso e eu via que minha esposa estava apreciando cada centimetro que invadia sua bucetinha… depois de um certo tempo nessa posica, ela se levanta e fica de quatro para seu marcos que de imediato se encaixa atras dela, e nao demora muito e ele enche a buceta da minha esposa de gozo.

Logo mais vendei seus olhos para que pudesse somente sentir o ápice do prazer, comecei a dar-lhe algumas chicoteadas nas pernas dela , e sempre a chamando de menina má e safada, eram chicoteadas nao muito fortes, mas a deixava toda arrepiada…Minha mente me fez pensar em gelo e prendedores de roupa rsrsr, após as lapadas, a perguntei se tinha gelo, e prendedores de roupa, achei o gelo facilmente em sua casa, porém o prendedor demorei um pouco, mas achei dois que me foram suficientes para brincarmos. FOI ENTÃO QUE ELA SE LEMBROU DE UMA MÁGICA QUE APRENDERA COM UMA COLEGA E IA ME MOSTRAR, SENTOU-SE NO SOFÁ E ME CHAMOU PARA SENTAR PERTO DELA, PEGOU ENTÃO DE SUA PASTA UMAS RODAS DE PAPEL COLORIDO E ME MOSTROU, QUANTAS RODAS TENHO AQUI NA MINHA MÃO/, 3 RESPONDI, MUITO LEVOU AS MÃOS AS COSTAS E VOLTOU APENAS COM DUAS, A OUTRA SUMIRA, ONDE ESTÁ A VERMELHA? VOCÊ ESCONDEU CLARO, ENTÃO ELA SE LEVANTOU TODA A VONTADE DEIXANDO A MOSTRA AS COXAS LINDAS E A CALCINHA MINÚSCULA, OLHEI NO SOFÁ E NÃO VI NADA, ENTÃO PENSEI EM APROVEITAR A BRINCADEIRA PARA COMEÇAR MEU ATAQUE, VOCE ESCONDEU NA ROUPA FALEI, NÃO, PODE OLHAR, LEVANTOU A BUSINHA MOSTRANDO OS MALDITOS SULTIANS, QUE COISA HOROROSA, EU OLHANDO DISSE EU ODEIO ESSE TROÇO SABIA? O QUE PERGUNTOU ELA COM CARINHA DE SAFADA, MEUS SEIOS? NÃO AMOR ESSE TROÇO AQUI LEVEI A MAÃO E TOQUEI SEU PEITINHO POR CIMA DO PEQUENO SULTIAN, NÃO SEJA POR ISTO E ARRANCOU-O DE UMA SÓ VEZ LIBERANDO AQUELES DOIS SEIOS LINDOS, PEQUENOS E DURINHOS, AINDA NÃO ESTAVAM TOTALMENTE FORMADOS, NÃO ME CONTIVE E PEGUEI-OS COM MUITO CARINHO, SENTINDO SUA FIRMEZA, ELA NÃO ESBOÇOU NENHUMA REAÇÃO.

Chegaram com um bolo, confete, serpentina, balões, parecia que ia ser um baile de carnaval, só faltavam as fantasias…E, como sempre, tudo começava de forma ordeira e tradicional, colocavam velinhas acesas no bolo, cantavam “parabéns pra você”, exigiam que ele fizesse um pedido e aí deixavam ele soprar as velas.