Sem Calcinha Dançando Funk E Esfregando A Buceta Na Cara Do Velho Safado

71 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

71 seg

Categoria:

Tag: ,

Sem Calcinha Dançando Funk E Esfregando A Buceta Na Cara Do Velho Safado

Sem Calcinha Dançando Funk E Esfregando A Buceta Na Cara Do Velho Safado

"Chegamos na estaçao de trem, rindo e com sorrisos safados. Peguei um Baton, tirei do papel e enfiei em sua buceta, movimentando para dentro e para fora, masturbando-a com o chocolate.

Quando estávamos dançando ela falou em meu ouvido: “Ainda temos alguns minutos antes da Isabela chegar, porque não aproveitamos?”. Naquele momento ela de frente pra parede empinou ainda mais a bunda pra eu sarra-la, foi então que finalmente eu levantei o vestido e pude ver com os próprios olhos aquele rabo gostoso com aquela calcinha fio dental preta toda enfiada, um convite para continuar sarrando, Jane tem uma bunda perfeita, daquelas que da vontade de ficar olhando e acaridando por horas a fio, foi o que eu fiz, aproveitei o máximo que eu pude aquele rabo que chamara a minha atenção uma semana antes na praia, ela estava gemendo de tesão, eu passava minha mão entre suas pernas, na altura virilha, bem próximo a buceta, na mesma posição me ajoelhei no chão, puxei a calcinha pro lado e lambi o cuzinho e a bucetinha dela igual um cachorro, ela gritou e me xingou me filho da puta, finalmente eu estava ali, lambendo aquele cuzinho rosado e apertado exalando aquele cheiro característico de bunda. Até que em janeiro deste ano, ela pegou férias, e quando voltou disse que não iria sozinha pra praia no carnaval com as pessoas da família, que iria com o novo “namorado”…No carnaval ela foi com o namorado (um coroa, careca e uns 10 anos mais velho que ela) disse que tava na hora de sossegar a vida e ter alguém pra conviver no dia a dia e que a menina também precisava de um padastro, mas continuava a me olhar com aquela cara de puta….

E chegando la peguei uma garrafa de vinho e duas taças e servi pra ela e fui direto tomar um banho a deixando bem a vontade no meu quarto e quando sai do banho ela estava deitada na minha cama totalmente nua me esperando, na hora fiquei surpresa e abobada sem nenhuma reação, só fiquei uns minutos observando aquele corpo perfeito e aquele rosto de safada, passado o momento de espanto eu pulei em cima dela e beijei seus lábios carnudos e a segurei embaixo de mim, esfregando minha bucetinha na dela, que se arrepiava toda e soltava gemidos, comecei chupar e mordicar seus seios e ela soltando suspiros de prazer pedia pra que eu continuasse, eu querendo aproveitar o máximo daquele momento, a coloquei sentada na cama com as costas contra a parede e abrindo bem suas pernas comecei passar minha linguá na sua buceta que já estava molhada e latejando na minha boca, enfiei minha linguá com.