Sentando No Cacete Com Vontade

Sentando No Cacete Com Vontade

Sentando No Cacete Com Vontade

Afastei sua calcinha um pouco e beijei a pele de sua xoxota com carinho demoradamente. Depois de um tempo, ele me chamou pra ir pra pista de dança e eu aceitei, antes de começarmos a dançar ele me puxou e me beijou, eu retribui o beijo. No meio do caminho ele me bateu de costas na parede e voltou a me beijar, eu entrelacei as pernas na cintura dele e ele me carregou assim o resto do caminho para o quarto.

Eu nao podia gritar mas essa era a vontade quando ela me fodia enquanto dizia q eu era a sua cadela.

Não era pelo dinheiro, mas dar prazer àquele macho era o mínimo que eu poderia fazer para agradecer tanto prazer que ele estava me dando. O papo rendeu e é claro que ele se convidou para ir em nosso studio no dia seguinte para ver alguns trabalhos.

Era ele,com o carregador nas mãos.

Nós 3,já relaxados fomos pra piscina e vimos Milton,Djalma e Moacir se aproximarem do Geraldo e do Expedido,que parecia qua não queriam gozar ainda;Djalma se ajoelhou e começou a chupar Geraldo…babava o pau do cara;enquanto isso Milton e Moacir dividiam o pau do Expedido,chupavam e se beijavam ;um chupava o saco do cara,enquanto o outro chupava o caralho já babado…Os três se posicionaram na posição de 4 e Geraldo passou gel nos rabos dos caras,enfiando os dedos…e começou fodendo Djalma que deu um grito quando sentiu o caralho forçando seu cú de macho casado;Milton do lado se beijava com Moacir e pedia a Expedido que o fodesse logo…o qual foi atendido rapidamente…o cara passou o gel e meteu,enquanto ele continuava beijando Moacir…depois eles revesavam e fodiam um depois outro e mandava os três se beijarem…depois mandou ficarem de frango-assado e metia em um e depois em outro…Os 3 acusaram que iam gozar e se punhetaram gozando…Geraldo e Expedito,tiraram os paus dos rabos dos caras e gozaram nos rostos dos três e eles se beijaram chupando a porra dos dois…eu,Jobson,Anderson e Ferreira nos aproximamos deles e nos beijamos sentindo o gosto das porras dos caras;eles dois (Geraldo e Expedito) já estavam na piscina tomando banho e vendo aqueles machos casados,putos e liberais se beijando…fomos todos para juntos dos dois,o qual tivemos uma surpresa:Eles vieram de um a um e deram um beijo de língua…beijo de macho,língua grossa e muita saliva e Expedito falou:Ninguém vai dormir hoje…nossa noite começou agora!Breve continuo o que aconteceu nesta noite….

E ele adora!Era um pedido cheio de tesão, acompanhado de suspiros e gemidos.

O pomar ficava distante do casarão. Depois de um tempo ele me levantou e disse que queria gozar dentro de mim, então fomos para o quarto. Ele perguntou: você já deu o cú antes seu puto??!!!.

Sem pudor nenhum, meu primo tirou a sunga e o cacete ficou exposto ali, comecei a sentir algo diferente, uma vontade que eu não sabia o que era (um bom tempo depois fui entender que era tesão), queria encostar e sentir aquela rola na minha mão, na minha pele.

Sandra foi sentando em minha pica bem devagar curtindo aquele cacete duríssimo, Júlio se posiciona atrás e a penetra em seu cuzinho, ela deu um gritinho e se recompôs mexendo o quadril para frente e para trás, gemendo e dizendo para o marido que estava uma delícia aquelas duas picas dentro dela.