Tapa Na Cara Da Namorada Chupando

visualizações

60 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Tapa Na Cara Da Namorada Chupando

Tapa Na Cara Da Namorada Chupando

Ele não se importou com o que eu já tinha feito e gostou de minha sinceridade e logo em seguida me levou na mansão onde morava com o pai, a mãe tinha falecido por problemas de doença, e me apresentou como sua namorada. Tinhamos planejado ir à praia, mas naquela situação, nem pensar. Eu respondi:Vai,chupa logo que ele está latejando,meu saco está até doendo.

Passado um tempo esse amigo convidou para irmos passar um final de semana na sua casa de praia, fomos no sabado perto de meio dia, chegando lá ele estava com sua esposa e o casal de filhos, tudo tranquilo, sua esposa já conhecia a Marcela mais não sabia do nosso passado, começamos a beber na piscina fazendo churrasco, lá pelo final do dia estamos já bem a vontade até mesmo pela bebida, estavamos eu, Marcela e ele na churrascaria quando ele disse nossa Marcela continua muito gostosa, olhou pra suas pernas, Marcela estava de fio dental, não aguentou e deu um tapa na sua bunda na minha frente e disse já comi muito essa xaninha gostosa, não sei o que me deu mais disse, cuidado tua mulher pode ver, todos rimos, Marcela estava também alta pela bebida e disse nossa também já engoli muito esse pau gostoso, aquele papo tornou-se muito tesudo entre nós, Marcela olhou pra nós e disse esse dois safados já estão de pau duro, o amigo fastou-se um pouco e pegou na xaninha da Marcela por cima do biquini, fiquei fazendo parede para mulher dele não ver, só vi quando Marcela começou a gemer, eu disse vou até a cozinha conversar com sua mulher, os dois fastaram um pouco para a parede, deu uns 20 minutos e eu voltei, a Marcela estava colocando o biquini as pressas, e assim pude ver que nosso amigo ainda come minha putinha.

Pois bem, eu fui ali disposta e decidida a matar todas as curiosidades e tentei fazer ele entender o que realmente eu queria, voltei a beija-lo e tirei sua camisa,minhas mãos tocavam suas costas acariciando e colando meu corpo junto ao seu, sem parar de nos beijarmos ele se senta no sofá e vou junto, ficando sobre suas pernasde frente pra ele, suas mãos apertando na minha bunda, fico com meus seios na altura do seu rosto, suas mãos vão para os meus seios, apalpam e forçando um contra o outro,até seus lábios tocar os bicos e chupando-os. Deitou-se e ficou tomando sol, esperando o tal local da pescaria. Para os que já leram os contos anteriores devem lembrar se que eu deixei uma recordação ao João( a minha calcinha na noite em que ele me levou para casa) nos dias que se seguiram ele ligava me mts vezes e estava sempre a mandar mensagens, certo dia eu disse que ia sair com a prima dele e o namorado dela e mais alguns amigos.